Neve forte causa estragos no Japão conforme onda de frio varre a Ásia

Homem limpa a neve na frente de templo em Tottori, Japão

TÓQUIO (Reuters) - A neve cobria grandes áreas do Japão nesta quarta-feira, congestionando o tráfego, forçando centenas de cancelamentos de voos, interrompendo viagens de trem e deixando pelo menos uma pessoa morta.

Uma frente excepcionalmente fria e sistemas de baixa pressão extrema provocaram a queda de neve e ventos fortes no Japão desde terça-feira, depois de causar estragos em outros países da Ásia no início desta semana.

Pelo menos 124 pessoas morreram em temperaturas congelantes no Afeganistão no início desta semana, segundo relatos da mídia, enquanto a temperatura em Mohe, a cidade mais ao norte da China, caiu para um recorde de -53 graus Celsius no domingo.

Na Coreia do Sul, a ilha turística de Jeju cancelou quase 500 voos dentro e fora de seu aeroporto na terça-feira em meio ao inverno rigoroso.

O Japão informou que a neve foi particularmente forte no lado do país voltado para a Coreia do Sul, com a cidade de Maniwa atingida com um recorde de 93 cm em apenas 24 horas.

Uma pessoa morreu como resultado da tempestade e duas outras mortes estavam sendo investigadas como relacionadas à tempestade na manhã de quarta-feira, disse o secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, em entrevista coletiva.

A previsão é de que o mau tempo continue até quinta-feira.

(Reportagem de Kaori Kaneko, Sugiyama Satoshi e Elaine Lies em Tóquio e Hyonhee Shin em Seul)