Neymar 'dá jeitinho' e mostra patrocinador particular em jogo da Seleção

·1 minuto de leitura

Neymar vive ótima fase na seleção brasileira, e, a cada participação em gol, uma nova comemoração é lançada. Após fazer bela jogada e dar a assistência para o gol de Paquetá, que deu a vitória ao Brasil sobre o Peru, na última segunda, o atacante festejou com uma dança ao lado do companheiro.

No entanto, um detalhe passou despercebido em um primeiro momento. O atacante levantou a camisa durante a comemoração, deixando à mostra uma caneleira na cintura e algumas de suas tatuagens. Mas a intenção do atleta estaria mesmo na ostentação da marca de seu novo fornecedor de material esportivo, a Puma, cujo nome aparecia em destaque na cueca do jogador, também visível.

A ideia também seria a de provocar a Nike, sua antiga parceira esportiva, com a qual rompeu em setembro de 2020. A empresa americana, na ocasião, não justificou o motivo da ruptura, mas, neste ano, a acusação de abuso sexual contra o jogador feita por uma funcionária da empresa veio à tona, apontando o motivo para o fim do contrato de maneira antecipada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos