Neymar deixa jogo com dor no tornozelo em estreia do Brasil; Tite garante que atacante vai jogar a Copa

Neymar mostra o tornozelo direito inchado após partida Brasil x Sérvia na Copa do Mundo

(Reuters) - O atacante Neymar deixou o campo com dores no tornozelo no segundo tempo da partida do Brasil contra a Sérvia na estreia da equipe na Copa do Mundo do Catar, nesta quinta-feira, e precisou receber atendimento médico no banco de reservas, mas o técnico Tite assegurou que o jogador vai continuar jogando a competição

Neymar, que sofreu diversas faltas durante a partida, foi substituído pelo técnico Tite aos 34 minutos da etapa final, quando o Brasil já vencia o jogo por 2 x 0, com dois gols de Richarlison.

O camisa 10 levou uma entrada forte de Nikola Milenkovic no mesmo pé direito em que já teve problemas antes, e mesmo assim permaneceu em campo por 11 minutos antes de ser substituído.

O jogador do Paris Saint-Germain recebeu aplicação de gelo ainda no banco de reservas, onde ficou com o rosto coberto pela camisa. Uma foto da Reuters após a partida mostrou Neymar deixando o campo descalço e com o tornozelo bastante inchado.

O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, disse que Neymar iniciou o tratamento imediatamente após deixar o campo, mas que será necessário aguardar de 24 a 48 horas para se ter uma ideia melhor da situação do jogador.

Segundo o médico, não existe nenhum exame de imagem previsto, mas, caso necessário, um será realizado à medida que o jogador for reavaliado.

"A expectativa é de observação. Qualquer coisa que fale agora sobre a evolução dele é prematura, ainda não temos nenhuma reposta, é importante aguardar", disse Lasmar em entrevista coletiva após a partida.

Apesar da cautela do médico, o técnico Tite assegurou que Neymar vai continuar jogando a Copa. "Pode ter certeza que o Neymar vai jogar a Copa, pode ter certeza disso", afirmou o treinador na entrevista.

O Brasil voltará a campo na segunda-feira para enfrentar a Suíça em seu segundo jogo pelo Grupo G do Mundial.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)