Neymar e Alisson estão na lista de indicados a Melhor do Mundo da Fifa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÓCHI, RÚSSIA, 13.06.2018 - O goleiro Alisson, da seleção brasileira e do Liverpool (Inglaterra). (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
***ARQUIVO***SÓCHI, RÚSSIA, 13.06.2018 - O goleiro Alisson, da seleção brasileira e do Liverpool (Inglaterra). (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Fifa anunciou nesta segunda-feira (22) a lista com os indicados ao prêmio The Best, que elege os melhores jogadores do futebol mundial.

Entre os selecionados estão Alisson (Liverpool), que concorre ao título de melhor goleiro, e Neymar (Paris Saint-Germain), na briga pela categoria de principal jogador do planeta. Não há nenhuma atleta brasileira na disputa.

O ítalo-brasileiro Jorginho (Chelsea) também é um dos candidatos ao The Best.

Será levado em consideração o trabalho dos atletas e técnicos de outubro de 2020 a agosto de 2021.

Também não há nenhum representante do Brasil indicado na função de treinador ou treinadora.

A cerimônia do The Best está agendada para 17 de janeiro do ano que vem. No mesmo evento será revelado o vencedor do prêmio Puskas, menção ao gol mais bonito da temporada -os indicados ainda não foram revelados pela Fifa.

A lista foi determinada após votação de ex-atletas e técnicos de futebol. Rosana, ex-lateral da seleção brasileira, e o ex-goleiro Julio César participaram desta etapa.

Agora, o colégio eleitoral da Fifa é quem definirá os vencedores. Participam treinadores e treinadoras das seleções nacionais, além dos capitães, e jornalistas convidados pela entidade que rege o futebol. O público também poderá contribuir com seu voto, através da internet, até o próximo dia 10.

Em 2020, o polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique (ALE), foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa. Novamente ele está na lista e é tido como um dos grandes favoritos ao prêmio.

A lateral direita inglesa Lucy Bronze, do Manchester City (ING), conquistou o título de melhor jogadora no ano passado, após grandes atuações pelo Lyon na conquista da Champions League feminina. Ela também é uma das favoritas ao troféu em 2021.

*

VEJA A LISTA COM TODOS OS INDICADOS

Melhor jogador

Karim Benzema (França/Real Madrid)

Kevin De Bruyne (Bélgica/Manchester City)

Cristiano Ronaldo (Portugal/Manchester United)

Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique)

Lionel Messi (Argentina/Paris Saint-Germain)

Neymar (Brasil/Paris Saint-Germain)

Erling Haaland (Noruega/Borussia Dortmund)

Jorginho (Itália/Chelsea)

N'Golo Kanté (França/Chelsea)

Kylian Mbappé (França/Paris Saint-Germain)

Mohamed Salah (Egito/Liverpool)

Melhor goleiro

Alisson Becker (Brasil/Liverpool)

Gianluigi Donnarumma (Itália/Paris Saint-Germain)

Édouard Mendy (Senegal/Chelsea)

Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique)

Kasper Schmeichel (Dinamarca /Leicester City)

Melhor jogadora

Stina Blackstenius (Suécia/BK Häcken)

Aitana Bonmati (Espanha/ Barcelona)

Lucy Bronze (Inglaterra/Manchester City)

Magdalena Eriksson (Suécia/Chelsea)

Caroline Graham Hansen (Noruega/Barcelona)

Pernille Harder (Dinamarca /Chelsea)

Jennifer Hermoso (Espanha/Barcelona)

Ji So-yun (Coreia do Sul/Chelsea)

Sam Kerr (Austrália/Chelsea)

Vivianne Miedema (Holanda/Arsenal)

Ellen White (Inglaterra/Manchester City)

Alexia Putellas (Espanha/ Barcelona)

Christine Sinclair (Canadá/Portland Thorns)

Melhor goleira

Ann-Katrin Berger (Alemanha/Chelsea FC)

Christiane Endler (Chile/ Lyon)

Stephanie Lynn Marie Labbé (Canadá /Paris Saint-Germain)

Hedvig Lindahl (Suécia/Atlético de Madrid)

Alyssa Naeher (EUA/Chicago Red Stars)

Treinador (time masculino)

Antonio Conte (Itália/Tottenham)

Hansi Flick (Alemanha/seleção alemã)

Pep Guardiola (Espanha/Manchester City)

Roberto Mancini (Itália/seleção italiana)

Lionel Sebastián Scaloni (Argentina/seleção argentina)

Diego Simeone (Argentina/Atlético de Madrid)

Thomas Tuchel (Alemanha/Chelsea)

Treinador (time feminino)

Lluís Cortés (Espanha/ Barcelona)

Peter Gerhardsson (Suécia/seleção sueca)

Emma Hayes (Inglaterra/Chelsea)

Beverly Priestman (Inglaterra/seleção canadense)

Sarina Wiegman (Holanda/ seleção inglesa)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos