Neymar machuca o tornozelo em jogo do PSG e sai de campo chorando; veja imagens

O atacante Neymar, que vinha fazendo uma ótima partida contra o Lille com um gol e uma assistência, machucou o tornozelo direito, o mesmo que lesionou na Copa do Mundo do Catar, e precisou ser substituído. O brasileiro saiu de campo chorando e deu lugar ao francês Hugo Ekitike.

A lesão aconteceu após uma jogada na qual André, do Lille, chegou para marcar Neymar, que acabou torcendo o tornozelo devido à carga do rival por trás. O lance não foi duro, tanto que o atleta adversário não levou cartão amarelo.

Neymar passará por mais exames para saber a gravidade do problema. Com a lesão, o brasileiro vira uma preocupação a mais para o técnico Christophe Galtier no confronto contra o Bayern de Munique, pelas oitavas de final da Champions League. O jogo de volta está marcado para o dia 08 de março, na Allianz Arena.

Na Copa do Mundo do Catar, Neymar sofreu uma entorse no tornozelo, após uma dividida com o lateral sérvio Milenkovic aos 22 minutos do segundo tempo, e foi substituído pouco depois mostrando bastante incômodo.

A entorse, ou torção de tornozelo, é uma lesão que ocorre quando há "um movimento lateral do pé numa intensidade além do normal", de acordo com a definição da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT). A lesão é classificada em três níveis de gravidade, segundo as diretrizes da SBOT: grau 1, quando há estiramento ligamentar; grau 2, quando ocorre lesão ligamentar parcial; e grau 3, quando há lesão ligamentar total.

Os ortopedistas também orientam a realização de exames complementares, em determinados casos, para averiguar possíveis fraturas associadas à torção. As radiografias normalmente são realizadas quando há dor "em pontos ósseos específicos" ou em casos de "impossibilidade do apoio de marcha (pelo menos quatro passos)", de acordo com a SBOT.

Em 2019, Neymar ficou fora da Copa América disputada no Brasil após sofrer uma entorse de tornozelo em amistoso contra o Catar antes da competição. Na ocasião, exames detectaram um rompimento ligamentar no tornozelo direito de Neymar, o mesmo que foi afetado pela dividida com o lateral da Sérvia na estreia da Copa do Mundo.

Para garantir a recuperação, Neymar teve de imobilizar a região próxima ao tornozelo direito na ocasião, e fez uso de muletas para evitar a colocação de peso sobre o pé.

O camisa 10 da seleção brasileira também deixou a estreia da Copa de 2018, na Rússia, com incômodo no tornozelo direito, após sofrer repetidas faltas no empate em 1 a 1 com a Suíça. À época, Neymar apareceu mancando após a partida e manifestou dores no local nos treinos seguintes, mas atuou normalmente em todas as partidas restantes do Brasil naquele Mundial.

Segundo diretrizes da SBOT, disponibilizadas pela Associação Médica Brasileira (AMB), as lesões leves podem apresentar melhora dos sintomas em uma ou duas semanas. A seleção brasileira volta a campo na Copa do Catar na próxima segunda-feira, contra a Suíça, e encerra sua participação na fase de grupos contra Camarões, na sexta-feira da semana que vem, dia 2 de dezembro.