Neymar no Flamengo: Gabigol, posts e comemorações alimentam "namoro antigo"

1 / 2

Neymar no Flamengo: Gabigol, posts e comemorações alimentam "namoro antigo"

A cada janela de transferências, Neymar é o nome mais especulado nos gigantes europeus. O brasileiro é sonho antigo do Real Madrid e o Barcelona segue buscando uma maneira de acertar o retorno do craque, que deixou a Catalunha em 2017 para se juntar ao PSG e se tornar o jogador mais caro da história, por 222 milhões de euros.

É claro que os valores são astronômicos, mas clubes brasileiros também sonham em contratar Neymar, um dia. E se existe alguma equipe que pode de fato almejar isso atualmente é o Flamengo. Além do poderio econômico cada vez mais distante dos demais times brasileiros, o Rubro-negro carioca conta com o desejo antigo do craque em vestir o manto que já foi de Zico. 

Na última segunda-feira, mais um episódio esquentou essa relação e animou os torcedores. Gabigol, amigo de Neymar, conversou com o comentarista e ex-jogador Caio Ribeiro, em uma live no Instagram, e disse que espera o craque do PSG em breve no Flamengo.

“Neymar no Mengão logo menos, eu apoio. Ele sempre falou que tem vontade de jogar pelo Flamengo”, disse o atacante. “Óbvio que a gente gosta muito do Santos, tanto eu quanto ele, mas acho que o Flamengo é a cara dele e está todo mundo esperando esse momento para gente comemorar os gols juntos e jogarmos juntos".

O namoro é antigo

É óbvio que a declaração de Gabigol anima a torcida, mas esse namoro começou há bastante tempo. Ainda em 2017, Neymar revelou que gostaria de vestir a camisa do Fla e jogar com a nação rubro-negra a seu favor.

“Eu tenho muita vontade de jogar pelo Flamengo, Maracanã lotado, Libertadores”, disse o jogador em 2017 ao Esporte Interativo. "Eu sempre falei do Flamengo, né. Não sei, acho que foi pela torcida, que eu joguei contra uma vez. Acho que pelo clube, uma certa vontade de sentir como é ser jogador do Flamengo", contou um ano depois em entrevista ao apresentador Benjamin Back, da FOX.

E o desejo de vestir o manto rubro-negro se concretizou, mesmo que de brincadeira. Ainda em 2018, o camisa 10 do PSG participou de uma brincadeira de 1º de abril e apareceu nas redes sociais de seu amigo, David Brazil, vestindo a camisa do Flamengo. No post em clima de brincadeira, ele estava sendo anunciado como a "nova contratação do Mengão".

Pouco mais de um ano se passou e o Flamengo chegou à final da Libertadores, em 2019. Neymar revelou publicamente que estava torcendo pelo time carioca na final e, após o título, postou uma foto celebrando a taça ao melhor estilo Flamengo, usando a comemoração de Gabigol. 

Neymar-comemoração-Gabigol
Foto: Reprodução

Então, na final do Mundial de Clubes, a equipe de Jorge Jesus e companhia enfrentou o Liverpool. Neymar tem amigos nos dois times, como Firmino, Alisson, Fabinho, Gabigol, Rafinha e Diego Alves. Mas se engana quem pensa que o craque ficou dividido por conta disso. Mais uma vez ele revelou publicamente que torcia pelo título do Flamengo.

"Tenho amigos nos dois, é bem difícil. Fabinho, Firmino e Alisson são grandes amigos. Gabriel, Rafinha, Filipe, Diego, entre outros que também estão no Flamengo. Mas acho que vou ficar com o time brasileiro. Vou ficar com o Mengão, porque eu sou brasileiro e espero que eles possam terminar esse grande ano com chave de ouro, porque já fizeram história e espero que possam continuar fazendo", disse ao Esporte Interativo.

O namoro também rolou nos bastidores

Além de todas declarações e posts envolvendo Neymar e Flamengo, um episódio em particular animou ainda mais a torcida rubro-negra. No final de 2019, Neymar pai, empresário do camisa 10 do PSG, fez uma visita ao Ninho do Urubu para “reforçar laços” com o Flamengo. O pai do craque conheceu as instalações do clube e se disse bastante surpreso com o que viu, mas também conversou com o presidente Rodolfo Landim e com o vice Marcos Braz, os responsáveis por montar o atual elenco. 

A torcida se animou com a possibilidade de uma negociação estar de fato acontecendo. Mas Landim tratou de esfriar os ânimos dos torcedores, pelo menos por enquanto.

"Claro que ele é um jogador excepcional, se um dia tivermos uma oportunidade de jogar no Flamengo, numa equação financeira estruturada para isso, o Flamengo vai trazer. Até porque ele já falou publicamente que tem interesse em jogar no Flamengo. Mas acho que não é para este momento ainda. Apesar de todo sucesso que nós tivemos até agora, não estamos preparados para isso", explicou ao SporTV.

Então, o presidente rubro-negro foi mais a fundo sobre o tema e esboçou um cálculo rápido sobre a operação, em entrevista para a plataforma Genial Investimentos, e mostrou porque isso seria totalmente inviável, a menos que o craque aceitasse reduzir absurdamente seus ganhos.

"Ele ganha 38 milhões de euros por ano. Se botar os custos sociais, e imagino que as regras na França sejam parecidas com a da Espanha, com uns cento e poucos por cento em cima [do salário-base], o custo dele seria de 80 milhões de euros para o Barcelona, por exemplo. Multiplicando por seis [cotação estimada do euro], algo em torno de R$ 480 milhões por ano. O Flamengo, pagando tudo em 2019, foi para R$ 230 milhões. Tudo o que o Flamengo gasta é metade do Neymar".

Certamente a contratação de Neymar não é algo simples, nem para clubes bilionários como Barcelona e Real Madrid. Mas se depender da vontade do jogador e do clube, esse namoro pode virar casamento no futuro.