Nicolás Maduro desiste de participar da posse de Lula em Brasília

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, cancelou a vinda a Brasília para participar da posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) neste domingo. Em seu lugar virá Jorge Rodriguez, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, segundo informações de fontes do Itamaraty.

Uma portaria que proibia o ingresso do líder do regime venezuelano e de outras autoridades do país vizinho foi revogada e ele confirmou presença no evento, mas ele teria mudado de ideia e cancelado a viagem para participar da posse em Brasília neste domingo. Não há informações sobre a motivação desta desistência.

Até o momento o Itamaraty não confirmou oficialmente o cancelamento da vinda de Maduro e nem sua motivação.

Um dos fatores que influenciaram a decisão de Maduro de não vir à posse de Lula foi a insegurança em relação ao reabastecimento da aeronave venezuelana. Por temer sanções comerciais, a distribuidora responsável pelos abastecimentos de aeronaves em Brasília não deu garantias de que atenderia o avião do líder venezuelano.

A informação foi antecipada pelo jornal “Valor Econômico” e confirmada pelo GLOBO junto a integrantes do Itamaraty. Segundo estas fontes,o futuro chanceler, Mauro Vieira, chegou a tentar solucionar o caso, buscando a Petrobras, mas acabou monitorando a situação, apenas.

A avaliação dessas fontes é que a incerteza sobre o abastecimento contribuiu para o cancelamento da participação de Maduro na cerimônia em Brasília. Esse foi mais um fator em meio às incertezas geradas com a revogação da portaria que proibia a presença do venezuelano no país tomada muito “em cima da hora”.