Nicolas Prattes entra na Netflix como serial killer de suspense psicológico

Nicolas Prattes em
Nicolas Prattes em "O Segredo de Davi". Foto: Divulgação/Netflix

Resumo da notícia:

  • Filme estrelado por Nicolas Prattes chegou ao catálogo da Netflix

  • "O Segredo de Davi" exibe ator no papel de um serial killer

  • Dirigido por Diego Freitas, o filme de 2018 é envolvido por diversos assassinatos

Estrelado por Nicolas Prattes, "O Segredo de Davi" entrou no catálogo da Netflix quatro anos depois da estreia nos cinemas. Na trama de suspense psicológico, o ator é um serial killer, estudante de cinema, que filma as pessoas escondido - até na hora de assassiná-las.

Na tentativa de reconciliação com um passado familiar violento, o protagonista encara a morte como liberdade e vê os crimes com orgulho, já que compartilha vídeos em sites clandestinos da internet.

Dirigido por Diego Freitas, o longa produzido em 2018 foi lançado na 42ª edição do Festival Internacional de Cinema de Montreal e passou por mostras internacionais como o Los Angeles Brazilian Film Festival e mostras nacionais como o Festival SESC Melhores Filmes.

Também disponível no Globoplay, o enredo mostra como a morte de sua vizinha, Maria, seu primeiro crime, reviveu memórias do passado e o fez acreditar que sua missão é a de libertar a alma da matéria ou do corpo.

Engatado em uma série de assassinatos, gravados e repercutidos na deep web, ele leva uma vida dupla de psicopata e produtor de filmes perversos enquanto frequenta as aulas da faculdade para atrair novas vítimas.

O elenco de "O Segredo de Davi" ainda conta ainda com Neusa Maria Faro, de "Verdades Secretas", como a vizinha assassinada Maria, André Hendges, de "Mauá: O Primeiro Gigante", Bianca Muller, de "Assédio", e Eucir de Souza, de "O Outro Lado do Paraíso".

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos