Niterói cria 430 novas vagas de emprego em maio

·2 minuto de leitura

NITERÓI — Após registrar saldo de 69 trabalhadores demitidos em abril, o mercado de trabalho niteroiense conseguiu se recuperar: foram registradas 430 novas vagas de trabalho com carteira assinada em maio, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia. No acumulado do ano, o saldo também é positivo, de 1.326 contratações.

As 430 novas vagas preenchidas se distribuem pelos cinco setores econômicos avaliados: todos eles contabilizaram mais contratações do que demissões no mês.

Com 126 novos funcionários em maio, o comércio recuperou parte das 223 vagas fechadas em abril. Na indústria, o cenário também se inverteu: após sofrer com 16 desligamentos em abril, o setor contratou 125 no mês seguinte. Os serviços contabilizaram 116 admissões, contra apenas 11 em abril, enquanto a construção, apesar de ainda se manter com o saldo positivo, teve redução de contratações em relação ao mês anterior: caiu de 124 para apenas 23.

Agropecuária surpreende

A agropecuária, que sempre teve fraca atividade no município, é a maior surpresa do mercado de trabalho niteroiense em 2021. Assim como nos anos anteriores, o setor encerrou 2020 com baixo volume de empregados: apenas 63. Mas, somente nos cinco primeiros meses deste ano, a agropecuária já soma 95 contratações, com os números crescendo mês a mês: zero em janeiro, três em fevereiro, 17 em março, 35 em abril e 40 em maio.

O aquecimento do setor fez com que seu número de funcionários mais do que dobrasse no período, alcançando a marca inédita de 158. De janeiro até maio de 2021, somente o comércio tem saldo negativo, com 422 desligamentos. Todos os demais segmentos contrataram mais do que demitiram: os serviços, com 746; a indústria, com 543; e a construção, com 364.

No acumulado dos últimos 12 meses, entre junho de 2020 e maio de 2021, todos apresentaram bons números: indústria, 1.395 novas vagas; comércio, 1.308; serviços, 988; construção, 455; e agropecuária, 92. O fenômeno é resultado da ligeira retomada econômica iniciada após as demissões em massa de abril e maio de 2020, quando a cidade ficou com boa parte de suas atividades suspensa devido às restrições estabelecidas para controle da pandemia.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos