No 60º aniversário da UE, britânicos protestam contra o 'brexit'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Milhares de britânicos se reuniram em Londres para protestar contra o "brexit" neste sábado (25), dia que marca o 60º aniversário da União Europeia (UE).

Os manifestantes da marcha, chamada "Unidos pela Europa", carregavam bandeiras da UE e cartazes pedindo a anulação da decisão do Reino Unido de deixar o bloco regional, aprovada em plebiscito no ano passado.

O protesto ocorre poucos dias antes da data anunciada (29 de março) pela primeira-ministra britânica, Theresa May, para notificar as autoridades da UE e deflagrar formalmente o "brexit". O processo de desvinculação, inédito na história do bloco, pode levar até dois anos para se completar.

Além de Londres, houve manifestações pró-UE em Berlim, Varsóvia e Roma.

Também em Roma, os líderes dos Estados-membros da UE se encontraram para celebrar o aniversário do bloco. A única ausente era May.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse que o evento festivo sem a participação britânica é um "momento muito triste", e que a saída do Reino Unido é uma "tragédia" para os outros 27 países do bloco.