No ar em “Todas as Flores”, Mariana Nunes denuncia ataque racista em Portugal

Mariana Nunes dá vida a Judite na novela “Todas as Flores” (Foto: Divulgação/Globo)
Mariana Nunes dá vida a Judite na novela “Todas as Flores” (Foto: Divulgação/Globo)

Mariana Nunes revelou que sofreu um ataque racista quando estava a bordo na companhia TAP Air Portugal, na última semana. A atriz esteve em Lisboa para o lançamento da novela “Todas as Flores”, do Globoplay.

No ar como Judite, Mariana relatou em seu perfil no Instagram que decidiu expor o caso após ter conversado com seus advogados e detalhou como um comissário de bordo se referiu a ela dentro de uma cabine executiva da companhia TAP Air Portugal.

“Era a primeira vez que viajava de classe executiva. Chegou a hora do almoço e o comissário de bordo veio e me disse: ‘Vamos almoçar, morena?’. Estranhei e eu ainda achei que ele podia ter dito Mariana e pedi para repetir, e ele: 'Morena, como vocês falam no Brasil, neguinha'. Não acreditei, mas não quis levar para casa”, iniciou a atriz.

A atriz contou que a chefe dos comissários pediu desculpas e disse que o funcionário não falou com má intenção.

“Sobre as intenções dele, paciência, não me interessa, porque ele se sentiu à vontade de me abordar desta forma. Isso não pode mais se repetir. Você vai trabalhar, num rolê massa e em uma hora que está civil, na vida real, acontece isso.

Mariana ainda ressaltou que o racismo ultrapassa as classes sociais e que não vai deixar que ataques racistas sejam impunes.

“Tem gente que acha que racismo tem só a ver com classe social, mas não. Hoje, me senti pronta pra dividir isso com vocês, por isso estou aqui. Não está tudo ganho, mas a gente também não vai deixar barato”, concluiu.

O Yahoo! entrou em contato com a TAP Air Portugal e, até o momento desta publicação, ainda não havia obtido um posicionamento sobre o caso. Assim que tivermos, essa nota será atualizada com a resposta da empresa.