No BBB21, Camilla de Lucas diz que deixou documento para processar ataques racistas

·1 minuto de leitura
A influenciadora já se antecipou (Foto: Reprodução/Globo)
A influenciadora já se antecipou (Foto: Reprodução/Globo)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A influenciadora Camilla de Lucas disse que não vai deixar os ataques racistas contra ela passarem impunes enquanto estiver confinada no BBB 21.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Enquanto se maquiava em um dos quartos do confinamento, Camilla falou para a cantora Karol Conká que deixou fora da casa um documento autorizado para processar internautas que fizerem ataques racistas nas redes sociais contra ela.

Leia também

"Quando eu entrei aqui já deixei um documento autorizado para processar se tiver ataques racistas", disse a influencer.

A cantora Karol Conká falou para Camilla que as pessoas que enviam mensagens racistas são sádicas. "Tem uns que falam que é só pagar R$ 1 mil, uma coisa assim", afirmou Karol.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube