No 'Big Brother' da Itália, Dayane Mello chora morte do irmão e lamenta não poder vir ao Brasil

Extra
·1 minuto de leitura

Brasileira no "Big Brother" da Itália, Dayane Mello já foi informada pela produção que o irmão, de 26 anos, morreu em um acidente de carro em Santa Catarina. A modelo foi retirada do convívio com os participantes por alguns minutos e voltou extremamente abalada com a notícia.

"Eu não posso ir ao Brasil, teria que ficar em quarentena. Eu não poderia abraçar ninguém, ou vê-los direito", disse Dayane, chorando com os colegas de confinamento. "Meu irmão tinha 26 anos, faria 27 no dia 9 de março"

"Você pode chorar conosco", consolou Alda D'Eusanio.

Lucas Mello, morreu nesta terça-feira, dia 2, após um acidente de carro em Santa Catarina, na BR-470, em direção a Lontas. A imprensa local informou que Lucas teria invadido a pista contrária e batido de frente com um caminhão, no km 128. O irmão da confinada no "Grande Fratello VIP" estava sozinho no carro e morreu. O motorista de caminhão não teve ferimentos.

"Lamentamos que é verdadeira a informação feita por Juliano. O irmão mais novo de Dayane, Lucas Mello, faleceu hoje. Dayane será informada assim que possível. Enquanto isso, pedimos que dediquem pensamentos positivos a ela e sua família. Vamos nos sentir conectar e ficarmos o mais próximo possível e continuar a dar a todo o afeto que ela precisa", diz o comunicado publicado no Instagram da modelo.

Dayane se tornou finalista do reality após uma votação popular no dia 25 de janeiro. A final do programa está marcada para 26 de fevereiro. A modelo ganhou o apoio dos brasileiros após sofrer ataques machistas e xenofóbicos.