No 'Big Brother' dos EUA, Indy Santos conta que está estudando para ser 'sex coach'

Com quase uma semana de "Big Brother" dos Estados Unidos, Indy Santos tem chamado atenção dentro e fora da casa. Em uma roda de apresentações, a paulista, que é a primeira brasileira a participar do reality americano, contou aos colegas de confinamento sobre sua profissão como comissária de bordo de jatinhos e revelou mais uma curiosidade sobre si mesma:

"Eu sou Indy, sou do Brasil, vivo aqui (nos Estados Unidos) há cerca de nove anos. Trabalho como comissária de bordo em jatinhos privados. E estou tentando pegar meu diploma para me tornar uma 'sex coach'".

'Sex coach' é o profissional que ajuda as pessoas a conhecerem a própria sexualidade, a descobrirem o próprio corpo. A reação de alguns participantes, surpresos com a declaração, repercutiu na web: "Rindo muito. O queixo do Kyles (outro participante) literalmente caiu quando Indy disse que está treinando para se tornar uma 'sex coach'", disse um internauta no Twitter.

A participante já esteve no centro de uma polêmica no programa, quando teve seus biquínis confiscados pela produção por terem uma modelagem menor, deixando o corpo mais à mostra. Depois disso, Indy ganhou novas peças de banho para usar na casa.

A brasileira é comissária de bordo e influenciadora, nasceu em São Paulo e atualmente mora nos Estados Unidos. A participante do reality dos EUA também é formada em Jornalismo e já trabalhou com diversos famosos em jatinhos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos