No debate, Ciro teve mais menções positivas; Soraya Thronicke liderou com negativas

  • No debate, Ciro teve mais menções positivas;

  • Simone Tebet (MDB) também teve perfomance positiva, com 41%;

  • Lula teve 38% de menções positivas; Bolsonaro (PL) teve 35%.

Ciro Gomes (PDT) teve 51% de referências positivas durante o debate presidencial promovido pela Band na noite deste domingo (28). Simone Tebet (MDB) também teve perfomance positiva, com 41%. Entre os candidatos, a que teve mais menções negativas, segundo monitoramento da Quaest nas redes sociais, foi a candidata da União Brasil, Soraya Thronicke. As informações são da CNN Brasil.

Liderando as pesquisas de intenção de voto, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve 38% de menções positivas; seu principal adversário, Jair Bolsonaro (PL) teve 35% de referências positivas. Felipe D’Ávila (Novo) aparece com 34% de referências positivas, e Soraya Thronicke (União Brasil) obteve 32% de menções positivas.

Considerando a diferença por blocos, Tebet ficou na frente, chegando a 62% das menções positivas no terceiro e último. Ciro largou começou com 50%, atingindo 54% no bloco final.

Veja o ranking do monitoramento da Quaest:

  • Ciro Gomes (PDT) – 51% positivas; 49% negativas

  • Simone Tebet (MDB) – 41% positivas; 59% negativas

  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 38% positivas; 62% negativas

  • Jair Bolsonaro (PL) – 35% positivas; 65% negativas

  • Felipe D’Ávila (Novo) – 34% positivas; 66% negativas

  • Soraya Thronicke (União Brasil) – 32% positivas; 68% negativas

A coleta é feita via Índice de Popularidade Digital (IPD), medido pela Quaest, considerando as redes sociais Twitter, Facebook, Instagram, o YouTube, a Wikipedia e o Google.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)