RJ: No Dia dos Namorados, mulher é morta por companheiro; mãe do suspeito o entregou

Mulher teria sido morta pelo companheiro; Motivação do crime seria ciúmes - Foto: Reprodução
Mulher teria sido morta pelo companheiro; Motivação do crime seria ciúmes - Foto: Reprodução

O que era para ser um Dia dos Namoradores especial terminou em tragédia, na Zona Oeste do Rio, para uma mulher de 25 anos. Lais Batista da Silva Rocha dos Santos foi assassinada pelo namorado, em Santa Cruz, na manhã deste domingo. Após o crime, o suspeito foi entregue à polícia pela própria mãe. Os familiares de Laís acreditam que o crime foi cometido por ciúmes

De acordo com as primeiras informações, Laís havia saído com Magno Rocha – com quem havia começado um relacionamento recentemente. Os dois teriam ido a um bar na noite de sábado e, posteriormente, seguiram para a casa da mãe do suspeito, na Reta da Base, em Santa Cruz.

Testemunhas contaram que na manhã de ontem houve uma briga entre o casal e em seguida a mãe de Magno escutou um disparo. Em seguida ela chamou a polícia e não deixou que ele saísse de casa.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir ao local. Entretanto, Laís já estava morta. A mulher deixou uma menina de 8 anos e um menino de 5.

A Polícia Militar informou que PMs “do 27ºBPM (Santa Cruz) foram verificar ocorrência no bairro Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. No local indicado, uma pessoa foi encontrada em óbito. A área foi isolada para perícia”.

O suspeito foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), onde o caso foi registrado. Segundo a especializada, Magno foi preso em flagrante e foi autuado por homicídio, fraude processual e porte ilegal de arma de fogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos