No lugar de Flávio Bolsonaro, aliado de Witzel assume PSL do Rio

Natália Portinari

BRASÍLIA — O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, se desfiliou oficialmente do PSL nesta segunda-feira. Com isso, abandonou também a presidência do diretório do Rio de Janeiro, que vai ficar nas mãos do deputado Sargento Gurgel, aliado do governador Wilson Witzel.Deputados da bancada do PSL no Rio jantaram ontem com o governador. Quando o presidente se indispôs com Witzel, seu filho Flávio, ainda presidente do diretório, havia determinado que o PSL não apoiasse mais o governo na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Agora, há uma reaproximação.