No Paraná, PM permite bloqueio golpista e assume que está prevaricando

PM negociava com manifestantes golpistas e assumiu que estava prevaricando (Foto: Reprodução)
PM negociava com manifestantes golpistas e assumiu que estava prevaricando (Foto: Reprodução)

Um policial militar do Paraná admitiu a um grupo de bolsonaristas golpistas que, ao permitir o bloqueio parcial de uma rodovia, está prevaricando. O crime acontece quando funcionários públicos se omitem e agem de forma ilegal para defender interesses particulares.

O vídeo do momento circula nas redes sociais. “É preciso que vocês também tenham bom senso senão a gente vai fazer o que a lei está determinando. Na verdade, a gente está prevaricando. Já deveria ter feito. Vamos começar a fazer multa para todo mundo, multa de trânsito e aquela multa de R$ 100 mil”, diz o PM.

Assista:

De acordo com o portal Uol, o policial que admite estar prevaricando é o coronel Hudson Leôncio Teixeira. Ele negociava com manifestantes golpistas na PR-151 em Ponta Grossa, nos Campos Gerais.

Segundo o artigo 319 do Código Penal, prevaricar é: “Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal”.

Após o vídeo circular, o coronel Hudson Leôncio Teixeira concedeu uma entrevista a RPC, afiliada da Globo em Curiti, e justificou que prevaricou “tentando garantir um bem maior”. A opção, segundo o PM, foi tentar mediar o conflito.

“Diante dos ânimos que já estão muito acirrados nesses locais, levando em conta esse aspecto, eu estou prevaricando sim, mas eu estou tentando garantir um bem maior que é primeiro o direito de ir vir, e a segurança e a saúde das pessoas”, declarou.

Bloqueios em oito estados

Mesmo após o presidente Jair Bolsonaro postar um vídeo pedindo que seus apoiadores liberassem as rodovias no país, manifestantes resistem em vários pontos de bloqueios ilegais. Segundo atualização da Polícia Rodoviária Federal, divulgada na noite dessa quarta-feira, ainda há interdições em oito estados, sendo Santa Catarina o estado com mais bloqueios, 39 no total. Em seguida está Mato Grosso, com 32.

Os bloqueios em rodovias têm sido feitos desde a noite de domingo, em protesto ao resultado da eleição presidencial, vencida por Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Pelo Twitter, a PRF informa que já conseguiu desfazer 776 manifestações ilegais em rodovias pelo país.