No Prime Day da Amazon, investidores estão de olho no serviço de nuvem da empresa

O Prime Day da Amazon pode ganhar manchetes, mas os investidores estão muito mais focados em seus negócios de serviços de publicidade e computação em nuvem em rápido crescimento. O evento anual de compras de dois dias da Amazon, que começa nesta terça-feira com promoções exclusivas para membros Prime e frete grátis, ocorre justamente quando o negócio de varejo da gigante da tecnologia enfrenta uma demanda mais fraca, em meio a uma recessão iminente nos EUA.

Michele e Barack Obama: Ex-primeiro casal dos EUA assina contrato com a Amazon e trocam Spotify por Audible

Exportando produtos: Amazon vai permitir que lojistas no Brasil vendam para clientes no exterior

Especulações, no entanto, apontam que os ventos contrários do comércio eletrônico obscureceram as tendências ainda vibrantes no negócio de computação em nuvem - o Amazon Web Services (AWS) - e na unidade de serviços de publicidade.

O Prime Day é uma oportunidade da empresa de impulsionar as vendas, alcançar novos clientes e aumentar a relevância de seus produtos on-line.

- A AWS sozinha pode valer mais do que todo o valor de mercado da Amazon no momento, o que significa que você está basicamente obtendo o negócio de varejo de graça. Nessa avaliação, você não está assumindo muito risco de comprar a Amazon no longo prazo - disse Marko Lazarevic, analista de investimentos nos EUA da Harris Associates.

Elvis Presley: Autópsia em segredo e 12 mil remédios, os mistérios que ainda cercam a morte do 'Rei do Rock'

Internet por satélite, táxi autônomo e ‘Senhor dos Anéis’: Veja as principais apostas de Andy Jassy, o CEO da Amazon

As ações da gigante de tecnologia caíram 33% neste ano em meio à venda mais ampla de ações de empresas que tendem a aumentar em valor de capital em vez de gerar alta renda e à medida que os consumidores retornam aos hábitos pré-pandemia, prejudicando a demanda por compras on-line.

Mesmo assim, o suporte de empresas não varejistas ajudou a Amazon a superar empresas de comércio eletrônico como Etsy, Wayfair e Shopify, que caíram pelo menos 60%.

O varejo ainda responde por mais da metade das vendas totais da Amazon, mas os outros negócios são cada vez mais importantes, com a receita da unidade de computação em nuvem (AWS) crescendo 37% em 2021, para US$ 62,2 bilhões. A unidade de nuvem, que ajuda a alimentar tudo, desde vídeos da Netflix até aspiradores de pó, também é a mais lucrativa da empresa.

Em meio a uma enorme oportunidade para a computação em nuvem, alguns analistas veem a AWS sozinha valendo mais do que o valor de mercado da Amazon, avaliada em US$ 1,14 trilhão. A Bloomberg Intelligenge estima que a AWS já valha US$ 1,5 trilhão a US$ 2 trilhões. Alex Haissl, analista da Redburn, vê um valor de mercado de US$ 3 trilhões para a unidade.

- A Amazon é pelo menos 40% mais barata do que deveria ser, em relação à soma de suas partes - disse Eric Clark, gerente de portfólio da Accuvest Global Advisors.

Freio nas 'big techs': Facebook, Amazon e Uber suspendem novas contratações de funcionários

As vendas de serviços de publicidade aumentaram quase 58%, para mais de US$ 30 bilhões no ano passado, e a Bloomberg Intelligence projeta que a pode chegar a US$ 100 bilhões na próxima década.

Os negócios não varejistas serão observados de perto quando a empresa divulgar os resultados do segundo trimestre no final deste mês. Espera-se que a receita da AWS cresça quase 32% e a de serviços de anúncios deverá subir 19%. Isso se compara ao crescimento basicamente estável ano a ano para as vendas on-line, de acordo com estimativas do Bloomberg Consensus.

Embora a Amazon possa não estar imune a uma crise econômica, apostar a longo prazo pode ser lucrativo.

- Se houver uma recessão ou desaceleração, isso prejudicaria as vendas no varejo e poderia significar uma desaceleração na Amazon. No entanto, as recessões vêm e vão, mas as tendências gerais na Amazon – seja e-commerce ou computação em nuvem – vão continuar - afirmou Lazarevic.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos