No primeiro jogo com titulares em 2023, Flamengo dá show e vence a Portuguesa no Maracanã

Mudou o ano, mudou o treinador, mas o futebol que levou o Flamengo às conquistas da Libertadores e da Copa do Brasil segue o mesmo. No primeiro jogo do time titular, agora sob o comando de Vitor Pereira, o time rubro-negro venceu a Portuguesa por 4 a 1. Mais do que o placar elástico, empolgou a torcida no Maracanã com sua atuação convincente.

Até por ser a mesma base do ano passado, apenas com as entradas de Gerson e de Varela nos lugares de João Gomes e Rodinei, a equipe esbanjou entrosamento. E os destaques de sempre brilharam.

Pedro, agora camisa 9, saiu de campo com um gol e uma assistência. Gabigol, já com a 10, não sentiu o peso do número que já foi de Zico e também brilhou, com uma bola nas redes e a participação com um passe decisivo no último gol.

Embora não tenham marcado, Arrascaeta e Everton Ribeiro tiveram boa leitura de jogo. Já Fabrício Bruno e Thiago Maia completaram o placar para os rubro-negros. Edson Carius fez o de honra da Portuguesa.

Por ter um jogo a mais, o Flamengo termina o fim de semana na liderança do Carioca, com seis pontos. Na quarta-feira, o time vai a Cariacica, no Espírito Santo, enfrentar o Madureira. Mandante, o tricolor suburbano levou o jogo para o estádio da cidade capixaba.

Quem também fez bonito no Maracanã foi a torcida. Além de ter comparecido em bom número (51.994 presentes), atendeu aos pedidos de Zico e substituiu a música alvo de polêmica durante a semana. A letra, que antes enaltecia o ídolo mas implicava com Pelé e Maradona, foi alterada para "Zico, Zico, Zico, Zico, Zico! Gabigol é artilheiro. Adriano Imperador". Outro gol.