No Rio, Cláudio Castro vota e é chamado de ladrão

Cláudio Castro vota e é chamado de ladrão. (AP Photo/ Bruna Prado)
Cláudio Castro vota e é chamado de ladrão. (AP Photo/ Bruna Prado)

O governador do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Cláudio Castro (PL), foi chamado de "bandido" e "ladrão", na manhã deste domingo (2), em uma escola municipal, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Castro chegou ao local de votação por volta das 9h para votação em primeiro turno das eleições deste ano e, após a votação, falou com a imprensa presente no local. Ele minimizou os atos contra. “O Brasil está muito polarizado, dividido. Mas a gente leva com muita resiliência. Nós não usamos nenhum espaço que nos é concedido para falar mal dos outros, sempre apresentamos propostas”, disse à imprensa.

Ele também pregou união aos brasileiros, após o pleito, indiferente do resultado das urnas. “A gente precisa amanhã ou, quando acabar a eleição, trabalhar para se unir. O Brasil tem que aceitar o resultado, qualquer que seja ele”, afirmou.

Castro é candidato À reeleição após assumir o governo depois que o governador eleito, Wilson witzel foi cassado pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, acusado de corrupção durante a pandemia da Covid-19.

Números dos candidatos ao governo do Rio de Janeiro

  • 22 - Cláudio Castro (PL) | Vice: Thiago Pampolha (União Brasil)

  • 16 - Cyro Garcia (PSTU) | Vice: Samantha Guedes (PSTU)

  • 21 - Eduardo Serra (PCB) | Vice: Bianca Novaes (PCB)

  • 80 - Juliete (UP) | Vice: Juliana Alves (UP)

  • 29 - Luiz Eugênio (PCO) | Vice: Guilherme de Lima (PCO)

  • 40 - Marcelo Freixo (PSB) | Vice: Cesar Maia (PSDB)

  • 30 - Paulo Gamine (Novo) | Vice: Helio Secco (Novo)

  • 12 - Rodrigo Neves (PDT) | Vice: Felipe Santa Cruz (PSD

  • 35 - Wilson Witzel (PMB) | Vice: Suely Nogueira (PMB)

Governador: qual a função que esse cargo exerce?

O governador é representante do Poder Executivo, com objetivo de governar o povo e conduzir os interesses públicos de cada estado.

Assim, a função do governador é comandar de forma completa o estado e representá-lo em ações jurídicas, políticas e administrativas. Ele também defende todos os interesses e necessidades do estado para com o presidente da República.

O Poder Executivo estadual também possui a função de articulação política com o governo federal, bem como com os municípios que integram o estado.

Como é eleito o governador?

Para a eleição de governador estadual é utilizado o sistema de maioria simples. 50% dos eleitores mais um voto válido.

Se nenhum dos candidatos disponíveis conseguir mais da metade dos votos, a votação segue para o segundo turno, onde os dois candidatos mais votados se enfrentam e vence quem conseguir mais votos.

Assim como o presidente da República, o governador é eleito com periodicidade de quatro anos, permitida a reeleição pelo mesmo período.

Eleições 2022: Governador possui as funções de gerir o orçamento e executá-lo. (Foto: Reprodução/TSE)
Eleições 2022: Governador possui as funções de gerir o orçamento e executá-lo. (Foto: Reprodução/TSE)

O que está sob a gestão dos governadores?

  • Segurança pública Uma das maiores responsabilidades do governador estadual é a segurança pública, envolvendo o total controle das Polícias Civil e Militar e a construção e administração de presídios.

  • Saúde – Está na alçada do governador criar as políticas de saúde estaduais e organizar o atendimento todo o atendimento de saúde, construindo e mantendo hospitais e instalações – laboratórios, centros de doação de sangue e centros de atendimento complexo (hospitais do câncer, por exemplo).

  • Educação No quesito educacional, o principal foco do governador costuma ser o ensino médio, hoje considerada a mais problemática das etapas do ensino formal brasileiro.

  • Definir o orçamento estadual – Os documentos orçamentários são de responsabilidade do governador estadual. Eles visam fomentar o planejamento de curto e médio prazo do estado, trazendo mais transparência ao uso dos recursos públicos.

  • Infraestrutura estadual – A responsabilidade sobre toda a infraestrutura é mantida na alçada do governador estadual. Rodovias e portos, por exemplo, precisam receber cuidados do governo.

  • Adquirir investimentos federais para estados e municípios – Para viabilizar projetos de grande porte, tanto o estado quanto os municípios dependem de investimentos vindos do governo federal. Para isso, o governador é importante e peça-chave na articulação política entre União, estado e municípios.