No Rio, Freixo promete plano estadual de combate ao racismo

RJ: Freixo promete política de combate ao racismo. Foto: Mayara Donaria / Casa Fluminense
RJ: Freixo promete política de combate ao racismo. Foto: Mayara Donaria / Casa Fluminense

Em entrevista para o encontro Agendas para o Rio, o candidato ao governo do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSB), prometeu a criação de um plano para combater a estrutura de racismo no estado.

"A criação de um plano estadual anti-racismo é um ponto estrutural para responder isso. Mas as escolas também precisam ser espaços decisivos de combate ao racismo no Brasil", declarou o candidato.

A sabatina foi a segunda do evento “Agendas para o Rio: compromisso para candidaturas em 2022”, promovida pela Casa Fluminense. Estavam presentes também moradores de Duque de Caxias, Queimados, Belford Roxo, entre outros municípios da região metropolitana do Rio, além de apoiadores de Freixo.

A Agenda Rio 2030 também traz pontos de justiça racial. Uma das propostas dialoga diretamente com a segurança. :Nosso plano passa necessariamente por um investimento em inteligência, qualificação das polícias e uma forte agenda de prevenção com foco na juventude das comunidades. Precisamos de uma Secretaria Estadual de Segurança com centros integrados com as guardas municipais e as prefeituras , o estado não pode ser ausente".

Castro sobe 7 pontos e chega a 26%; Freixo tem 19%, diz Ipec

A pesquisa Ipec - antigo Ibope - divulgada nesta terça-feira (30), mostra que Cláudio Castro (PL) abriu vantagem sobre Marcelo Freixo (PSB) na disputa pelo Rio de Janeiro: Castro subiu sete pontos percentuais, com 26% das intenções de voto em relação ao adversário. Freixo subiu dois pontos, ficando com 19%.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)