No Rio, maioria dos manifestantes em ato a favor de Bolsonaro não usava máscara

RIO DE JANEIRO , 07.09.2021 , BRASIL , Em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, manifestantes exibem cartazes em inglês contra o STF (Supremo Tribunal Federal) e a favor do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Italo Nogueira/Folhapress)
RIO DE JANEIRO , 07.09.2021 , BRASIL , Em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, manifestantes exibem cartazes em inglês contra o STF (Supremo Tribunal Federal) e a favor do presidente Jair Bolsonaro (Foto: Italo Nogueira/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - No ato pró-Bolsonaro no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (7), a maioria não usava máscara, principalmente aqueles mais próximos aos carros de som, onde havia maior aglomeração.

A maioria dos que usavam máscara eram pessoas idosas que ficavam distante dos locais mais cheios.

Havia muitos pontos de venda de churrasco e bebidas, onde todos deixavam de utilizar o equipamento se proteção.

O mesmo ocorreu nos restaurantes nas ruas transversais à avenida Atlântica, que viraram novos focos de aglomeração a medida que a manifestação se encerrava.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos