No Rio, Paes lidera com 41% dos votos válidos; segundo lugar segue indefinido, diz Ibope

O Globo
·2 minuto de leitura
Arquivo O GLOBO
Arquivo O GLOBO

RIO - Pesquisa Ibope divulgada neste sábado aponta liderança folgada de Eduardo Paes (DEM) na véspera do primeiro turno, com 41% dos votos válidos, que não contabilizam nulos, brancos e indecisos. Enquanto isso, Marcelo Crivella (Republicanos), Martha Rocha (PDT) e Benedita da Silva (PT) se mantêm na disputa por uma vaga no segundo turno. Crivella, Martha e Benedita estão tecnicamente empatados por conta da margem de erro, que é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O atual prefeito tem 16%; Benedita aparece com 13%; e Martha soma 11% das intenções de voto.

Nos votos totais, Paes tem 35% das intenções. Crivella aparece com 14%; Benedita está com 11%; e Martha Rocha tem 9%. Os três estão empatados dentro da margem de erro de três pontosa percentuais para mais ou para menos.

Nos votos totais do Ibope, Paes oscilou positivamente no limite da margem de erro e agora aparece com 35% das intenções de voto. No levantamento anterior do Ibope, divulgado no dia 9 de novembro, ele tinha 33%. Crivella aparece com um ponto abaixo resultado do atual prefeito na pesquisa anterior (15%).

Confira:

Luiz Lima (PSL) tem 5%; Eduardo Bandeira de Mello (Rede) soma 3%; Renata Souza (PSOL) aparece com 2%; Fred Luz (Novo) também com 2%; e Paulo Messina (MDB), com 2%.

Clarissa Garotinho (PROS),Cyro Garcia (PSTU); Glória Heloiza (PSC), Suêd Haidar (PMB) e Henrique Simonard (PCO) não foram citados. Brancos e nulos somam 13%, enquanto 3% não souberam ou não opinaram.

O Ibope entrevistou 1.204 pessoas entre os dias 11 e 14 de novembro, entre quarta-feira e sábado. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo RJ-02939/2020. O nível de confiança - isto é, a probabilidade de que os resultados representem o atual momento do eleitorado, considerando a margem de erro - é de 95%.

Segundo turno

Nos cenários de segundo turno levantados pelo Ibope, Eduardo Paes (DEM) vence todos os candidatos numa eventual disputa.