No SBT, Lula usou dados falsos sobre aumento salarial em sua gestão e na de Bolsonaro

Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista ao Ratinho, no SBT, em 22 de setembro de 2022 (Foto: YouTube / Reprodução)
Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista ao Ratinho, no SBT, em 22 de setembro de 2022 (Foto: YouTube / Reprodução)

Na última quinta-feira (22), o candidato ao Planalto e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou de uma entrevista com o apresentador Carlos Massa, o Ratinho, no SBT.

Dentre outros assuntos, o ex-mandatário tratou sobre reajustes salariais. Na ocasião, ele contrastou os aumentos dados durante seu governo com os que têm sido feitos neste ano, no governo de Jair Bolsonaro (PL).

No entanto, ao fazer a comparação, o ex-presidente se baseou em dados errados. Confira a checagem do Yahoo! Notícias sobre a afirmação de Lula ao Ratinho.

Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista ao Ratinho, no SBT, em 22 de setembro de 2022 (Foto: YouTube / Reprodução)
Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista ao Ratinho, no SBT, em 22 de setembro de 2022 (Foto: YouTube / Reprodução)

Reajustes salariais

"No meu tempo de Presidente da República, todas as categorias de trabalhadores organizadas recebiam aumento acima da inflação. Hoje, nem 10% recebe."

Presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), em entrevista ao Ratinho, no SBT, em 13 de setembro de 2022

É falso que todas as categorias recebiam aumentos salariais acima da inflação durante a gestão de Lula. De acordo com dados reunidos pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos), não mais que cerca de 88% das categorias receberam aumentos acima da inflação, medida pelo INPC-IBGE.

Os recordes foram registrados em 2007 e em 2010, quando 87,7% dos aumentos superaram a taxa do INPC:

Made with Flourish
Made with Flourish

Os reajustes somente superaram 90% durante a gestão de Dilma Rousseff (PT), em 2012 (93,9%) e 2014 (91,5%):

Made with Flourish
Made with Flourish

Além disso, é falso que hoje menos de 10% recebam reajustes acima da inflação. De acordo com um boletim do Dieese – com dados de janeiro a agosto de 2022 –, 20,5% receberam aumentos acima do INPC:

Made with Flourish
Made with Flourish

A entrevista de Jair Bolsonaro para o Ratinho também foi verificada pelo Yahoo! Notícias.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

Essa entrevista também foi verificada pela Agência Lupa.