No 'Túnel do amor', Maíra estranha pegação generalizada e Carla vai tirar satisfação: 'Aqui não é só sexo'

Boca no "Túnel do amor", do Multishow, não é só para beijar. Serve também para discutir. Maíra Labanca, nova integrante da Casa grafite, ainda não se sentiu confortável para sair beijando todo mundo. Em busca de conexão, a mineira está na fase de observar. Mas teve quem achou o comportamento dela como se ela estivesse apenas fazendo julgamentos. Carla Moraes foi tirar satisfação.

"Você precisa pontuar o que é a Casa grafite. É você entender a essência disso aqui. Não é só sexo, beijação. É amizade, lealdade, todo mundo confia e todo mundo. Vou respeitar o espaço dele se ele não quiser beijar mais", disse Carla para Maíra.

"Mas eu fui bem recebida. Eu fiquei assustada. Tenho direito", respondeu a mineira.

A frase não pegou bem para Carla, que continuou com a discussão.

"Eu estou tentando te encaixar"

"Você nao tem que me encaixar", rebateu Maíra.

Para tentar dar um fim, mas visivelmente irritada, Carla fez um pedido.

"Beleza. Então tente se encaixar, não julgar".

"Mas eu não julguei ninguém".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos