Nobel da Paz: falta vontade política para tratar violência sexual em conflitos

O ganhador do Prêmio Nobel da Paz Denis Mukwege lamentou, neste domingo (19), por ocasião do Dia Internacional pela Eliminação da Violência Sexual em Tempos de Conflito, a falta de "vontade política" para erradicar esse tipo de violência.

“O estupro e a violência sexual são usados em todos os conflitos contemporâneos, em todo mundo, como é o caso, hoje, na Ucrânia”, escreveu o ginecologista congolês, em um comunicado.

Em 2018, ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz por sua ação em favor das mulheres vítimas de estupro, usadas como armas de guerra.

“Constatamos, com amargura, que muitas vezes falta a vontade política, que os meios financeiros são insuficientes”, acrescenta o médico.

"A cultura da impunidade, da qual os autores e instigadores desses atos hediondos se beneficiam, representa mais a norma do que a exceção", lamentou.

“Pedimos novamente à comunidade dos Estados (...) que mobilizem recursos humanos e financeiros para lidar com as consequências da violência sexual cometida e que redobrem os esforços para prevenir a repetição destes crimes”, convocou Mukwege.

at/jg/me/mb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos