Nobel da Paz, Ressa descarta se exilar devido a acusações das Filipinas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Jornalista filipina e Nobel da Paz, Maria Ressa discursa na Cidade de Taguig, nas Filipinas
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

MANILA (Reuters) - Jornalista vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Maria Ressa descartou nesta segunda-feira se exilar devido às acusações que enfrenta, e seus advogados pediram ao governo do presidente filipino, Rodrigo Duterte, que descarte todas as acusações contra ela.

Ressa, a primeira filipina reconhecida com um Nobel, dividiu o prêmio com o jornalista investigativo russo Dmitry Muratov, uma medida vista amplamente como um endosso aos direitos de liberdade de expressão ameaçados em todo o mundo.

A licença do Rappler, o site de notícias de Ressa, foi suspensa e ela enfrenta processos por várias razões, motivadas, dizem apoiadores, por sua vigilância das políticas de governo, entre elas uma guerra às drogas sangrenta lançada por Duterte.

"O exílio não é uma opção", disse Ressa em uma coletiva de imprensa com sua equipe legal transmitida pela internet, acrescentando que sentiu que o clima de violência e medo durante o mandato de Duterte está se amenizando antes da eleição de 2022.

Solta sob fiança enquanto apela de uma pena de seis anos de prisão imposta no ano passado devido a uma condenação por difamação, Ressa está enfrenando cinco acusações de sonegação fiscal e um processo corporativo com a agência reguladora.

"Você não conhece a sensação de liberdade até quase perdê-la", disse ela da cidade norte-americana de Boston, onde faz uma visita acadêmica.

Indagado sobre a situação de Ressa, o ministro da Justiça disse que as Filipinas valorizam a democracia, a liberdade e os direitos humanos.

(Por Neil Jerome Morales)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos