Noite trágica! Racing goleia o Vasco na Argentina pela Libertadores

David Nascimento
1 / 6

Vasco x Racing: prováveis times, onde ver, desfalques e palpites na Liberta

Cruz-Maltino terá jogo decisivo e busca primeira vitória para se manter vivo na fase de grupos da Libertadores. Argentinos podem empatar que seguem na liderança

Não há outra definição a não ser de noite trágica para o Vasco na Argentina. Nesta quinta-feira, diante do Racing, pela terceira rodada do grupo 5 da Conmebol Libertadores, o time comandado por Zé Ricardo foi goleado por 4 a 0. Nada deu certo para o Cruz-Maltino em Avellaneda. Seguindo desta forma, com os erros consecutivos apresentados, e faltando três rodadas para o fim da fase, fica bastante difícil a situação do Vasco para seguir na competição.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!


MARTIN SALVA!
O Racing começou melhor o jogo, dominando principalmente o lado esquerdo do Vasco. A combinação Evander e Henrique já mostrava que não daria certo... E o primeiro indício saiu com o meia. Ele cometeu pênalti aos 10 minutos em Saraiva, mas o Cruz-Maltino se salvou já que Martin Silva defendeu a cobrança de Lisandro López.

QUEM NÃO FAZ...
Tecnicamente, Racing e Vasco estavam em um momento igual em campo. O Cruz-Maltino teve a sua melhor chance aos 28 com Wagner, que furou a perdeu a oportunidade de fazer o gol. Mas já diria o ditado: quem não faz, leva. E levou aos 32 com Centurión, pela esquerda, abrindo o marcador para o Racing.

DESCONTROLE
Seis minutos após abrir o placar, o Racing chegou ao segundo com Lautaro Martínez, também pela esquerda. Ainda no primeiro tempo a equipe da Argentina teve mais um pênalti a seu favor. Aos 45, Erazo derrubou Lautaro. Lisandro López foi de novo para a bola, mas parou novamente em Martin Silva, que defendeu.

ERROS E MAIS UM GOL
Vários erros foram vistos no Vasco no primeiro tempo. O lado esquerdo foi inexistente e Zé Ricardo falhou também em ter promovido a estreia de Bruno Silva em um jogo tão importante para a equipe na competição, tirando o artilheiro do time em 2018 – Yago Pikachu – do meio de campo. O Racing, aproveitando cada erro do Vasco, fez mais um gol aos seis, com Zaracho, que deu um drible da vaca em Paulão antes de marcar.

ABRIU A PORTEIRA...
A porteira abriu com um Vasco mais do que perdido em campo. A arbitragem assinalou a terceira penalidade para o Racing no jogo após Saravia ganhar do Henrique e sofrer falta de Wagner. Aos 15, Lisandro López foi pela terceira vez cobrar. Nas duas anteriores, Martin Silva salvava. Mas desta vez não deu. Bola na rede, goleada argentina por 4 a 0 e uma noite para ser apagada pelo Vasco.

FICHA TÉCNICA
RACING (ARG) 4 x 0 VASCO


Estádio: Presidente Perón, em Avellaneda (ARG)
Data/hora: 19/4/2018 - 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Ulises Mereles (PAR)
Auxiliares: Milciades Saldivar (PAR) e Roberto Cañete (PAR)
Renda/público: Indisponíveis
Cartões amarelos: Sigali (RAC) e Fabrício, Wagner, Wellington, Andrés Rios (VAS)

GOLS: Centurión 32'/1ºT (1-0), Lautaro Martínez 38'/1ºt (2-0), Zaracho 6'/2ºT (3-0) e Lisandro López 15'/2ºT (4-0)

RACING: Musso, Saravia, Sigali (Barbieri intervalo), Donatti e Soto; Solari, Nery Domínguez, Zaracho e Centurión (Meli 19'/2ºT); Lautaro Martínez (Mansilla 31'/2ºT) e Lisandro López. Técnico: Eduardo Coudet.

VASCO: Martin Silva, Yago Pikachu, Paulão, Erazo e Henrique; Leandro Desábato, Wellington, Bruno Silva (Caio Monteiro 40'/2ºT), Evander (Rildo intervalo) e Wagner; Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.

E MAIS:

E MAIS: