Noites quentes levam cariocas a 'banho de lua' nas praias do Rio até de madrugada

São Pedro não ajudou muito nos primeiros dias do ano, mas as ondas de calor típicas do verão finalmente chegaram ao Rio. Após fortes chuvas e uma frente fria que parecia não querer ir embora, o sol voltou a cidade maravilhosa e, com ele, velhos hábitos veraneios: aplaudir o por do sol, curtir um 'banho de lua' nas águas que banham o Rio ou a altinha sob as estrelas. O fim de semana já teve um calor escaldante, a temperatura atingiu recordes na cidade por três dias consecutivos e a sensação térmica chegou a marca surpreendente de 54°C no domingo. Sem querer esperar o fim de semana, o carioca correu para a orla mesmo à noite para se refrescar. Nas redes sociais, viralizaram vídeos de pessoas chegando nas praias até mesmo de madrugada, que permaneciam cheias apesar de o sol já quase estar nascendo novamente.

Urbanismo: Licitação de parceria público-privada para recuperar Jardim de Alah será em março

Sem data para começar: Plataforma da 99 segue os passos da Uber e começa a cadastrar motociclistas para transportar passageiros

Olhando o horizonte e escutando um som acompanhado da melhor amiga, a cadela Sashimi, o estudante Lucas Siqueira afirma que a praia noturna além de relaxante é um exercício diário. O jovem morador de Copacabana afirma que aproveita o calor da temporada para levar a cadela para uma caminhada, eles passeiam juntos até o arpoador todas as noites.

Um Só Planeta: Cristo Redentor lança plataforma para receber denúncias de crimes ambientais na Baía

— Aqui é ótimo justamente por juntar tanta gente legal e de diferentes lugares. Eu saio com ela para passear um pouco depois que termino o home-office e quando chego aqui a gente fica olhando o mar por uma hora mais ou menos depois do sol se pôr. Quando eu não tô com ela até arrisco um mergulho ou outro, mas o que vale é essa vista mesmo. — afirmou.

A quarta-feira começou com sol aberto no Rio e chegou à temperatura máxima de 40,3 graus na região de Irajá, na Zona Norte da cidade, de acordo com o Sistema Alerta Rio.

Nem só de curtição vivem os amantes da praia noturna, na orla do Arpoador, sob a luz do luar e no calor do verão carioca há ainda muito espaço para o romance. Curtindo o mar e a vista, Renan e Thais escolheram a canga no asfalto e a vista do sol se pondo junto ao morro dois irmãos como palco do primeiro encontro do casal.

— Nesse verão é a primeira vez que a gente tá vindo. Eu sou da Tijuca e ela do Caju, é longe, mas sempre que dá eu gosto bastante de vir na praia, ver o pôr do sol…. Hoje a gente tá se conhecendo(risos) vamos ficar mais um pouco, tomar uma água de coco… — afirmou Renan.

Com muita irreverência e risadas, as amigas Janaína e Andressa, aproveitaram folga e férias para levarem as crianças para praia. Ainda eram 13h quando as amigas ajustaram as cadeiras na areia do arpoador, 7 horas depois elas ainda afirmam que não tem hora para ir embora.

— A gente mora aqui perto, no Cantagalo, e costuma dizer que não tem lugar melhor do que o quintal de casa. Hoje demos uma sorte danada porque eu estou de férias e ela de folga. A gente combinou de manhã, pegamos as crianças e viemos. Não era nem 13h a gente já tava aqui na areia com eles e agora não tem hora para sair! É nosso primeiro banho de mar noturno, e amamos. Se Deus quiser amanhã estamos de volta, a gente escutou que vem frente fria por aí, temos que aproveitar enquanto dá— afirmou sorrindo a Janaína Souza.

No colo de Andressa, o pequeno Pedro Souza, de 6 anos, batia os dentes de frio após sair da água. Perguntado se tinha vontade de ir para casa por conta do frio, ele não pensou duas vezes para responder.

— Não! Aqui é muito legal, quero voltar para água ainda — afirmou enquanto tentava se desenrolar da toalha que a mãe segurava para esquentá-lo.

Previsão do Tempo

Após a semana de sol e praia, uma trégua é esperada ainda nos próximos dias. A meteorologista do Climatempo, Josélia Pegorim afirma que o feriado de São Sebastião, celebrado na próxima sexta--feira, pode ser debaixo de chuva.

— As condições para chuva no RJ, de forma geral, vão aumentar já na sexta-feira e no fim de semana. A circulação dos ventos em vários níveis da atmosfera vai estimular um aumento de nuvens sobre o RJ. A quantidade de nuvens aumenta e as nuvens ficam mais carregadas, com maior potencial para fortes pancadas. O sol não estará aparecendo tão forte e por tanto tempo como nos últimos dias. O ar segue abafado, com temperatura máxima variando de 31°C a 33C na cidade do Rio. É grande a chance de chuva forte no dia de São Sebastião — afirmou.