Noiva de Aaron Carter pede ajuda da polícia para tirar suas coisas da casa dele

Melanie Martin, noiva de Aaron Carter, cantor que morreu no último sábado, pediu à polícia ajuda para retirar seus pertences "em paz" da casa do artista. Segundo TMZ, ela entrou em contato com departamento policial de Los Angeles na tarde da últimaterça-feira para que o processo de mudança de desse de forma calma.

Caminhões carregados de caixas foram vistos fora da residência, onde o jovem, de 34 anos, foi encontrado morto na banheira. De acordo com testemunhas, policiais encontraram várias latas de ar comprimido e frascos de comprimidos no banheiro e no quarto do cantor.

Melanie e o melhor amigo do cantor, Gary Madatyan, já tinham estado na casa depois da morte dele. “Depois de removerem o corpo, eles permitiram que apenas algumas pessoas entrassem na casa. Nós só queríamos entrar lá e ver se havia sangue, álcool ou qualquer coisa na casa”, disse Madatyan ao “Entertainment Tonight” na última segunda-feira.

Melanie e Aaron são pais de um menino de 11 meses e disse que está "completamente destruída" com a morte do artista.

“Meu coração está completamente destruído pela morte do meu noivo Aaron. Eu sabia que ele estava lutando e tentei de tudo para ajudá-lo”, disse ela à People. “Ele tinha uma personalidade muito independente e forte, e eu não pude ajudá-lo da maneira que senti que ele precisava. Só gostaria de ter mais pessoas para me ajudar com ele. Agora vou criar nosso filho como mãe solteira e este é o pior dia da minha vida, mas tenho que ser forte pelo nosso filho. Estou devastada”.

Os dois começaram a se relacionar em 2020 e ficaram noivos poucos meses depois. Em novembro do ano passado, tiveram o bebê Prince, mas se separaram uma semana depois. Em setembro, ele havia dado entrada numa clínica de reabilitação para tentar a guarda do filho.

“É um programa de abstinência, e eu trabalho com um terapeuta individual”, disse o cantor ao "The Sun" na época. “Faço terapia de grupo, aulas de pais, aulas de violência doméstica."