Noiva de Whindersson Nunes foi atacada na web durante gravidez com desejos para perder bebê

·1 minuto de leitura

A morte do filho recém-nascido de Whindersson Nunes nesta segunda-feira, dia 31, foi lamentada pela família, amigos e fãs do artista. Nas redes sociais, houve também críticas aos haters que atacaram Maria Lina, noiva do humorista, durante a gestação. No início de maio, o artista sentiu necessidade de se pronunciar.

"E o povo vai ao Instagram da Maria dizer que ela vai perder o bebê. Nada sai que preste desse assunto, é incontrolável. Espero ficar em paz, todos em paz, não venham me dizer que isso não é importante, não vou fazer um parto todo humanizado e vocês tirando a paz dela, se vocês não acreditam no que pregam, pois eu acredito que essas coisas perturbam a mãe, perturba a criança", escreveu Whindersson, no dia 10 de maio.

A situação se tornou incontrolável quando a separação de Whindersson e Luísa Sonza voltou a ser assunto. O humorista confirmou que não colocou um ponto final por conta de traição, como se especulava pelo início do namoro da cantora com Vitão.

O bebê de Whindersson e Maria Lina nasceu prematuro, com 22 semanas, no último sábado, dia 29, e não resistiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos