"Noivinha de Aristides": Bolsonaro pediu abordagem a mulher que o xingou

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
  • Foi determinada por Bolsonaro a abordagem feita pela PRF a uma mulher que o xingou

  • Uma mulher que passava pela via Dutra, no RJ, o chamou de “noivinha de Aristides”

  • O sargento Aristides teria sido instrutor de judô à época em que Bolsonaro cursou a Aman

Foi determinada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro a abordagem feita pela Polícia Rodoviária Federal a uma mulher que o xingou no final de semana. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

Consta no boletim de ocorrência que a equipe da escolta tomou a atitude "mediante determinação do próprio sr. Presidente" e a mulher foi enquadrada por injúria nas "devidas cominações legais e qualificou os demais ocupantes".

No sábado (27), Bolsonaro estava na via Dutra, em Resende (RJ), quando a situação foi registrada. Uma mulher que passava pela rodovia o chamou de “noivinha de Aristides”.

Segundo informações que circulam nas redes sociais, o sargento Aristides teria sido instrutor de judô à época em que Jair Bolsonaro cursou a Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende-RJ.

O assunto dominou as redes sociais nesta segunda-feira (29):

A mulher foi levada para a delegacia da PF em Volta Redonda (RJ), que fica cerca de 50 quilômetros do local onde o presidente estava, para o registro de um termo circunstanciado pelo crime de injúria.

A mulher não chegou a ficar presa e foi liberada após ter assumido o compromisso de que vai comparecer em juízo.

Bolsonaro esteve na cidade no sábado para participar de cerimônia de formatura dos cadetes da Academia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos