Nokia anuncia saída de diretor de redes móveis e cisão de negócios

HELSINQUE (Reuters) - O diretor de redes móveis da Nokia, a divisão que respondeu por mais da metade das vendas do grupo finlandês de equipamentos de telecomunicações no ano passado, está deixando a empresa.

Nesta sexta-feira, a Nokia anunciou a separação dos serviços em um grupo distinto de negócios após a partida de Samih Elhage, que se juntou à companhia em 2012 e ajudou a recuperar o segmento num momento em que estava em uma problemática joint venture com a Siemens.

Os serviços estavam crescendo em importância por causa da fraca perspectiva global, informou a Nokia. As redes globais devem cair neste ano, enquanto a demanda de operadoras de telecomunicações por equipamento para tecnologia 4G aumentou e as atualizações para a próxima geração 5G ainda estão anos distante.

"Ele vinha sendo um amigo próximo e conselheiro...Eu apoio completamente seu desejo de mudança", disse o presidente da Nokia, Rajeev Suri, em comunicado detalhando a saída de Elhage e as mudanças.

Entre elas, o atual diretor de inovação e operações, Marc Rouanne, assumirá a posição de diretor de redes móveis, enquanto o veterano Igor Leprince ficará responsável pela nova organização de serviços.

(Por Jussi Rosendahl e Tuomas Forsell)