Nokia espera que recuperação continue em 2022

·1 min de leitura

Por Supantha Mukherjee e Anne Kauranen e Essi Lehto

HELSINQUE (Reuters) - A fabricante finlandesa de equipamentos de telecomunicações Nokia divulgou na terça-feira sua primeira orientação para 2022, aliviando as preocupações dos investidores sobre o impacto que a escassez global de chips pode ter em suas operações.

A Nokia disse que espera uma margem operacional comparável de 11 a 13,5% em 2022, o que elevou suas ações em 2,8% nas negociações da manhã após o anúncio.

"As perspectivas mostram que a recuperação dos negócios ainda está progredindo bem e nenhuma compensação vem da inflação de custos ou da escassez de componentes", disse o analista do Inderes, Atte Riikola, à Reuters.

A Nokia estimou uma margem operacional comparável para o ano de 2021 de 12,4% a 12,6%, acima da orientação anterior de 10% a 12%, e vendas líquidas de 21,7 a 22,7 bilhões de euros, dentro da faixa anunciada anteriormente.

A Nokia agora espera uma receita de 6,4 bilhões de euros no quarto trimestre, abaixo das expectativas de 6,5 bilhões de euros, segundo cálculos da Reuters.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos