Nokia planeja cortar até 200 empregos na Finlândia

HELSINQUE (Reuters) - A fabricante finlandesa de equipamentos de rede Nokia informou nesta quinta-feira que planeja continuar cortando vagas de emprego na Finlândia, eliminado até 200 posições no país, em um esforço para proteger a lucratividade em meio à retração da demanda no mercado global.

"Para suceder neste ambiente de mercado devemos continuar racionalizando nossa estrutura de custos e aumentando nossa eficiência", disse o gerente da empresa na Finlândia, Tommi Uitto, em comunicado.

No ano passado, a Nokia cortou cerca de 1 mil empregos no país, como parte do programa de corte de despesas que sucedeu a aquisição da rival franco-americana Alcatel-Lucent.

A empresa não divulgou um número global de cortes, mas sindicatos estimam redução total de 10 mil a 15 mil vagas em todo o mundo.

(Por Jussi Rosendahl)