Nome do Podemos ao Senado aproveita indefinição no PSDB e gruda em Rodrigo Garcia

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.09.2019 - O deputado Heni Ozi Cukier durante lançamento do livro
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.09.2019 - O deputado Heni Ozi Cukier durante lançamento do livro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Enquanto o PSDB paulista não decide quem apoiará na disputa ao Senado, o governador Rodrigo Garcia tem sido acompanhado em agendas no estado pelo deputado estadual Heni Ozi Cukier, que disputará o posto legislativo pelo Podemos.

Cukie tem viajado ao lado do governador e da presidente nacional do seu partido, Renata Abreu. Já esteve com Garcia em locais como Ribeirão Preto e Barueri, além de eventos na capital.

O Podemos havia lançado a pré-candidatura ao governo de Arthur do Val, que naufragou após o escândalo com a divulgação de áudios com teor sexista por ele. Agora, deve coligar-se com o governador.

A chapa do governador vive uma indefinição sobre quem será seu nome para o Senado. O apresentador José Luiz Datena (PSC) era a primeira opção, mas acabou migrando para a candidatura de Tarcísio de Freitas (Republicanos).

O União Brasil apresentou o nome do presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite, enquanto o PSDB tem o ex-senador José Aníbal e o presidente do diretório paulistano, Fernando Alfredo, como opções. Uma definição só deve ocorrer mais perto do prazo das convenções, no entanto, em julho e agosto.​

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos