Nomeação de Dante Mantovani para a Funarte é revogada

Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil
Dante Mantovani foi admitido e exonerado no mesmo dia. (Foto: Reprodução/YouTube)

O governo federal publicou na noite de hoje (5), em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), portaria que torna sem efeito a nomeação do maestro Dante Mantovani como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte).

A portaria de nomeação, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, havia sido publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.

Leia também

Dante Mantovani já havia ocupado o mesmo cargo até março deste ano, quando foi exonerado da função após a atriz Regina Duarte assumir a Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A presidência da Funarte estava sendo exercida desde então pelo servidor Marcos Teixeira Campos, indicado por Regina. 

A Funarte é o órgão federal responsável pelas políticas públicas de fomento às artes no país e alcança as áreas de circo, dança e teatro; de música, de concerto, popular e de bandas; de artes visuais; e também a preservação da memória das artes e a pesquisa na esfera artística.

Atualmente, a Funarte é vinculada ao Ministério do Turismo.