Nomeação de Anderson Torres para governo do DF pode ser barrada

Ex-ministro de Jair Bolsonaro, ele foi anunciado como secretário de Segurança Pública do DF

Anderson Torres e Jair Bolsonaro (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Anderson Torres e Jair Bolsonaro (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
  • Anderson Torres é ex-ministro do governo de Jair Bolsonaro;

  • Ele foi anunciado como secretário de Segurança Pública do DF;

  • A volta de Torres ao governo do DF pode não acontecer.

A nomeação do ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro (PL), Anderson Torres, para o governo do Distrito Federal pode não ir para frente.

Torres é o novo secretário de Segurança Pública do DF e, segundo informações da jornalista Andréia Sadi, da GloboNews, como Torres é delegado da PF (Polícia Federal), precisa do aval da corporação para seguir no cargo.

Acontece que a PF é hoje subordinada ao novo ministro da Justiça, Flávio Dino, do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O ex-ministro é um aliado de Jair Bolsonaro e aproveitou que comandava a pasta da Justiça para determinar que a PF investigasse críticos ao governo, além de sustentar os ataques do ex-presidente contra o sistema eleitoral brasileiro.

Ainda de acordo com Andréia Sadi, Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal e próximo de Bolsonaro, foi pressionado para não readmitir Torres, mas não voltou atrás com a escolha.

Como estão sendo os primeiros dias do governo Lula?