Noroeste do Ceará volta a registrar tremores de terra

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de Santana do Acaraú, no noroeste do Ceará, voltou a registrar tremores de terra no último domingo (9), segundo o LabSis/UFRN (Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte). A estação de Riachuelo, no estado, registrou uma magnitude preliminar de 2.7 graus na escala Richter. As informações são da Agência Brasil.

O novo tremor ocorre cerca de um mês após a ocorrência de outros três, de intensidade semelhante. No dia 5 de março, foram registrados dois tremores num intervalo de três horas: o primeiro com 2,7 graus e o segundo, com 1.8 graus. Já no dia 7 de março, o terceiro abalo sísmico atingiu 2.6 graus na escala Richter.

A região onde fica o município é considerada uma área sísmica ativa pelo LabSis/UFRN. Em 2008, houve uma série de 100 tremores, que chegaram a alcançar 3.9 graus na escala Richter, provocando rachaduras nas casas. Diversos moradores precisaram ir para abrigos.

Os eventos deste ano não provocaram danos. De acordo com o laboratório, não é possível determinar como as atividades sísmicas vão evoluir ­ elas podem acabar, diminuir ou mesmo aumentar.