Norte-americana é presa após filha de 4 anos desmaiar na escola por ‘uso de cocaína’

Pixabay

Uma mulher de 31 anos foi presa em Winchester, nos Estados Unidos, depois que a filha de apenas quatro anos passou mal na escola e desmaiou. Levada ao hospital, a criança foi submetida a exames que constataram a presença de cocaína no sangue dela.

Anniquta Wright, segundo a revista Newsweek, confessou à polícia ter deixado um “amigo traficante” usar sua casa para vender crack e cocaína enquanto os três filhos dela estavam lá e admitiu que as crianças até se sentavam na mesa com ele.

Leia mais:
Falta grave adia progressão de pena de goleiro Bruno

De acordo com as autoridades, a garotinha disse depois que comeu algo que estava no chão de sua casa. Segundo a publicação, posteriormente, o irmão de dois anos da menina também foi submetido a exames, que detectaram a presença de cocaína no sangue. A terceira criança não foi afetada.

“Não achamos que alguém deu (a droga) a ela de forma intencional”, disse o capitão da polícia de Winchester, James Hall, ao jornal Winchester Sun.

A polícia fez uma varredura na casa onde Wright vive com os filhos e nenhuma droga foi encontrada no local. Segundo os agentes, o amigo de Anniquta teria permanecido no local durante a madrugada da noite anterior em que a filha passou mal.

A americana foi indiciada por abuso infantil e terá que pagar fiança de US$ 25 mil. Ela tem ficha criminal por ser fugitiva de outro estado.