Norte de Portugal avalia estragos das inundações

Na cidade de Chaves faz-se o balanço dos estragos provocados pelas inundações em consequência do temporal que se abateu nos últimos dias no norte de Portugal.

O caudal do rio Tâmega subiu cerca de três metros acima do normal na madrugada desta segunda-feira, invadindo ruas, espaços públicos e estabelecimentos comerciais.

As chuvas, ventos fortes e inundações fustigaram também o Alto Minho e a ministra da Coesão Territorial Ana Abrunhosa disse que será preciso "um mês" para fazer o levantamento dos estragos no distrito de Viana do Castelo.

Em Valença, junto à fronteira espanhola, uma parte da Fortaleza ruiu e as autoridades contam agora com a "solidariedade" do governo para a recuperação da muralha.