Norte de Portugal avalia estragos das inundações

Na região do Alto Minho será preciso "um mês" para contabilizar prejuízos