Nos digam onde estão as tropas russas, diz Ucrânia a cidadãos em importante região

Por David Ljunggren

(Reuters) - O Ministério da Defesa da Ucrânia pediu neste sábado aos cidadãos de uma importante área tomada pela Rússia que revelem onde as tropas de Moscou estão vivendo e quem entre a população local está colaborando com as autoridades de ocupação.

O comunicado do diretório de inteligência do ministério foi dirigido às pessoas dentro e ao redor da cidade de Enerhodar, no sul ucraniano, que abriga uma importante usina nuclear.

"Por favor, nos informem com urgência a localização exata das bases das tropas de ocupação e seus endereços residenciais... e os locais de residência do estado maior", disse o comunicado, acrescentando que as coordenadas exatas são desejáveis.

O comunicado também pediu detalhes "dos colaboradores locais que passaram para o lado do inimigo", incluindo onde moravam e trabalhavam, bem como informações sobre "pessoas que 'simpatizam' com os ocupantes".

A Rússia capturou Enerhodar no início de março e em maio o chefe da cidade --indicado pelos russos-- foi ferido em uma explosão. O Kremlin chamou o acontecimento de "ataque terrorista".

Enerhodar tinha uma população pré-guerra de mais de 50 mil habitantes. Muitos moradores trabalham nas duas usinas próximas da cidade, uma das quais é a maior usina nuclear da Europa, a usina Zaporizhzhia.

(Reportagem de David Ljunggren)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos