Nos EUA, Google pode pagar multa de até R$ 131 milhões por propaganda enganosa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Mais uma vez o Google está sendo processado. Foto: Getty Images.
Mais uma vez o Google está sendo processado. Foto: Getty Images.
  • O Google está sendo processado no estado do Texas, nos EUA, por propaganda enganosa do smartphone Pixel 4;

  • Somente agora, durante a quarta geração do aparelho, o procurador-geral do Texas conseguiu reunir todas as provas para apresentar no tribunal;

  • Caso seja condenado, o Google pode ter de pagar uma multa de até US$ 24 milhões.

Mais uma vez o Google, empresa multinacional de serviços online, envolveu-se em encrenca. Agora, a companhia está sendo processada no estado do Texas, nos Estados Unidos, por propaganda enganosa do smartphone Pixel 4. A multa pode chegar até US$ 24 milhões, o equivalente a R$ 131 milhões.

Ainda que o aparelho do Google já esteja na sexta geração, apenas recentemente o procurador-geral Ken Paxton conseguiu reunir todas as provas, permitindo a apresentação do material ao Tribunal Distrital de Montgomery.

Leia também:

Segundo a procuradoria, em 2019, a companhia promoveu o smartphone em diversas rádios do Texas por meio de uma empresa de produção de comerciais que “mentiu” para os consumidores.

De acordo com Paxton, na época, a iHeartMedia gravou e distribuiu anúncios trazendo relatos de locutores promovendo o aparelho, ainda que estes não tenham tido acesso ao aparelho antes da gravação. Ou seja, a procuradoria afirma que os relatos gravados foram roteiros elaborados pelo próprio Google.

Em contrapartida, a iHeartMedia diz que os locutores requisitaram o smartphone ao Google para buscar adaptar os relatos, algo que foi negado pela big tech.

Segundo a empresa de peças publicitárias, os próprios locutores haviam reclamado de dar endosso pessoal sem nunca ter utilizado o aparelho. Até o momento, o Google não se pronunciou sobre o processo.

As informações são do TudoCelular.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos