Nos pênaltis, Vasco bate o Botafogo e é campeão da Taça Rio

·1 minuto de leitura

A Taça Rio, troféu de consolação do Campeonato Carioca, acabou com o Vasco. A conquista veio depois de o Botafogo jogar melhor e vencer por 1 a 0, gol do zagueiro Gilvan, dentro de São Januário. Como a partida de ida foi 1 a 0 para o time da Colina, a definição saiu na disputa de pênaltis. Brilhou então Vanderlei, que defendeu os três pênaltis cobrados. Como os cobradores fizeram, o cruz-maltino levou por 3 a 0 nas penalidades.

A partida foi a última das equipes antes da estreia na Série B. O Botafogo vai até Goiânia enfrentar o VIla Nova, sexta-feira. Já o cruz-maltino terá compromisso em casa, sábado, contra o Operário-PR.

Esse foi o 11º título da Taça Rio do clube de São Januário. O Vasco é o maior vencedor do troféu, que por muitos anos representou o segundo turno do Carioca. O Flamengo tem nove, o Botafogo, sete, e o Fluminense, quatro.

A vitória durante os 90 minutos, se não valeu de nada, ao menos significou para o técnico Marcelo Chamusca mais tranquilidade para seguir na missão de recolocar o Botafogo na Série A. Especialmente por causa de uma atuação melhor que a dos vascaínos. Era justamente as exibições ruins que preocupavam o alvinegro e colocavam o trabalho do técnico sob questionamentos.

No caso do Vasco, foi a segunda derrota da equipe sob o comando de Marcelo Cabo, a primeira com os titulares em campo. Lembrando que o time da Colina, além da Série B, ainda tem a disputa da Copa do Brasil no radar. O adversário na terceira fase é o Boavista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos