'Nos tempos do imperador' muda de fase nesta segunda: confira as tramas e novo elenco

·5 minuto de leitura

O tempo passou, e eles cresceram! Os talentos mirins que encantaram os telespectadores se despedem de “Nos tempos do Imperador”, que, nesta segunda-feira, entra numa nova fase. Agora, de pequenos os personagens da novela já não têm mais nada e passam a viver a juventude com amores, desgostos, noivados... Tem muita água para rolar!

Com a partida de Pilar (Gabriela Medvedovski) para estudar Medicina nos Estados Unidos, Samuel (Michel Gomes) fica arrasado e toma outro rumo na vida. O jovem abandona a música e pede a ajuda de Dom Pedro II (Selton Mello) para se tornar engenheiro. Na virada da trama, o ex-escravizado já está quase se formando e namora Zayla. Alana Cabral passa o bastão da personagem para Heslaine Vieira, que afirma que os telespectadores verão a moradora da Pequena África menos vilã, ao menos por enquanto.

— Ela está noiva do homem que ama e muito feliz por isso. Vamos ver juntos as transformações dessa personagem tão controversa e determinada — conta a atriz.

O sentimento dos dois, porém, vai ser posto à prova quando Pilar retorna ao Brasil. Além de mudar o rumo de Samuel, as escolhas da médica também definiram a vida de sua irmã, Dolores, que vai ter que se casar com Tonico (Alexandre Nero). Daphne Bozaski assume o papel vivido na primeira fase por Júlia Freitas e conta como foi a experiência de entrar na segunda parte.

— Manter a essência da personagem e as intenções que justificam o lugar que ela está foi desafiador, mas é de suma importância para dar credibilidade à história — diz a nova intérprete de Dolores.

Em “Tempo de amar” (2018), Giulia Gayoso já havia passado pela experiência de entrar numa novela em andamento. Desta vez, ela herda o papel da Princesa Isabel de Any Maia. Bruna Griphao, por sua vez, entra em cena como Leopoldina no lugar de Melissa Nóbrega. Coincidentemente, as duas já se conheciam de “Haja coração” (2016), em que eram irmãs.

— Adorei que Melissa foi escalada para fazer Leopoldina mais nova. Ela é talentosíssima, linda e maravilhosa e fez a personagem superbem. Eu não mudaria nada, porque o tom, a garra e o temperamento que ela deu foram ótimos para eu construir a Leopoldina mais velha. Deu bom! — anima-se Griphao.

Noiva no lugar da irmã

Insegura, inocente e frágil, Dolores come o pão que o diabo amassou desde a primeira fase, quando foi prometida a Tonico, no lugar de sua irmã mais velha, Pilar. Daphne Bozaski adianta que ela ainda sofrerá muito nos capítulos que estão por vir.

— A personagem tem um arco dramático muito bonito. Representa o que mulheres viveram e vivem, infelizmente, até hoje, que é a criação sob o prisma do patriarcado, onde são silenciadas, desencorajadas e, no caso da Dolores, privadas de educação e conhecimento. De qualquer maneira, ela vai buscar força e descobrir sua coragem enquanto mulher naquela época.

Em busca de pretendentes

A futura regente do Brasil mal cresce e já tem a missão de começar a conhecer seus pretendentes.

— Pode esperar muita confusão no coração (risos). Isabel vai passar por grandes situações para encontrar o amor— diz Giulia Gayoso, afirmando que construir a personagem foi supergostoso, sem esquecer de elogiar a sua antecessora, Any Maia: — Ela fez escolhas que combinam com as que eu faria para Isabel e é superparecida comigo. Tem uma voz com mais ar, é doce, e acho isso lindo. Eu pensava nisso para a personagem também.

Personalidade forte

Leopoldina, também chamada de Dina pela família, já tinha uma personalidade forte desde criança. Mas Bruna Griphao garante que agora é que ela vai mostrar para o que veio.

— A primeira fase foi crucial, mas, com ela jovem, a vida começa a acontecer, os relacionamentos, o que ela anseia... Agora, veremos os resultados do que ela viveu quando criança, a construção da personalidade, o que quer para a vida. Leopoldina está mais madura e com objetivos claros. Sabe o que quer. Muita coisa está por vir! — diz Griphao.

Namoro com Samuel

Na segunda fase, Zayla enfim consegue o que queria: namorar Samuel. Heslaine Vieira afirma que a personagem é um marco para ela e enumera dois motivos.

— Entrar na novela em andamento foi um dos maiores desafios que enfrentei. O outro foi tentar entender como a cabeça de Zayla funcionava. Ela é muito contraditória! A atitude que toma primeiro não combina com a ação seguinte. A personagem é movida pelo interesse próprio e pela fé inabalável de conseguir tudo o que quer — destaca.

Um carinho especial

Na louca paixão por Samuel, Zayla nunca conseguiu enxergar o amor que o amigo de infância Guebo nutre por ela desde sempre. O personagem vivido porJoão Victor Menezes agora será interpretado por Maicon Rodrigues.

Abalando corações

Na segunda fase da novela, começam a aparecer os primeiros pretendentes para Isabel. Pierre (Gabriel Falcão) chega à trama para ficar com a futura regente do Brasil, mas acabará encantando também Leopoldina. As duas irmãs disputarão a atenção do rapaz nos próximos capítulos.

Mais despedida

Os hilários moradores da Taberna dos Porcos Germana (Vivianne Pasmanter) e Licurgo (Guilherme Piva) sofrerão um acidente e partirão dessa para a melhor no capítulo desta segunda-feira. Já Vitória (Maria Clara Gueiros), irmã de Quinzinho (Augusto Madeira), volta ao Brasil na semana que vem. O cassino da família, inaugurado na primeira fase, não prosperou e agora está fechado.

E mais chegadas

Irmão de Nélio (João Pedro Zappa), Bernardo (Gabriel Fuentes) agora entra no ar depois de passar alguns anos estudando em um colégio interno.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos