Notas falsas circulam por todo o país; saiba como identificá-las

(Pixabay)

Uma mensagem encaminhada em grupos do WhatsApp informando sobre a circulação de notas falsas de R$ 50 e R$ 100 pelo país.  “Estão circulando muitas notas falsas. São notas quase perfeitas, muitas vezes passando até pelo teste da caneta, marca d’água etc. Existe apenas um jeito de identificar, na parte prateada das notas de 50 e de 100 verdadeira mostra o número 50 ou 100, na hora que mexe a nota aparece escrito ‘REAIS’, já na nota falsa aparece somente o número”, explica o texto. Afinal, a informação é verdadeira ou falsa?

De acordo com a Casa da Moeda, a resposta é “verdadeira, mas com ressalvas”. Especialistas apontam que a faixa holográfica é um dos quatro indicadores que podem ajudar a encontrar notas falsas. Se a palavra “REAIS” não aparecer na faixa, a nota não é verdadeira. Existem, no entanto, outras “pistas”. Saiba quais são:

  • Papel

A primeira dica é sentir o papel da nota. Além de ser áspero, ele contém relevos na parte frontal, na legenda “República Federativa do Brasil” e no canto inferior esquerdo em todas, superior direito nas notas de R$ 50 e R$ 100 e extremidades laterais. Notas de R$ 20, R$ 50 e R$ 100 têm relevo na figura do animal e do numeral.

  • Marca d’Água

Ao segurar uma cédula verdadeira contra a luz, você verá números e figuras na área clara. A nota de R$ 2, por exemplo, contém a tartaruga e a de R$ 50, a onça pintada.

  • Detalhes escondidos

Segurando a nota na altura dos olhos, na posição horizontal, em locais com muita luz, será possível visualizar o número com o valor da nota.

Aplicativo

Para quem lida sempre com dinheiro ou tem dúvidas na hora de identificar uma nota falsa, há um aplicativo desenvolvido pelo Banco Central que ajuda na tarefa. O Dinheiro Brasileiro está disponível para smartphones e tablets.