Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a sexta

Redação Notícias
·3 minuto de leitura
The President of Brazil, Jair Bolsonaro and the Governor of Sao Paulo, Joao Doria, attend the Graduation Solemnity of the Higher Course of Technologist of Ostensive Police and Preservation of the Public Order (Sergeants Training Course), held in the city of Sao Paulo, this Friday. October 11, 2019.  (Photo by Fabio Vieira/FotoRua/NurPhoto via Getty Images)
The President of Brazil, Jair Bolsonaro and the Governor of Sao Paulo, Joao Doria, attend the Graduation Solemnity of the Higher Course of Technologist of Ostensive Police and Preservation of the Public Order (Sergeants Training Course), held in the city of Sao Paulo, this Friday. October 11, 2019. (Photo by Fabio Vieira/FotoRua/NurPhoto via Getty Images)

Covid-19: Brasil chega a 5,3 milhões de casos, Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa mesmo com aprovação da Anvisa, rixa entre Bolsonaro e Doria pode atrasar vacina, Doria critica Bolsonaro: ‘É um notório negacionista’, Bolsonaro chama Doria de 'aprendiz de ditador', 26% dos adultos em SP tiveram Covid, Ibama paralisa brigadas de combate a incêndios, Datafolha: Russomanno cai e Covas lidera em SP, Russomanno diz que Covid-19 ‘não dizimou ninguém’.

Confira o que você precisa saber para começar a sexta-feira, dia 23 de outubro de 2020:

Covid-19: Brasil chega a 5,3 milhões de casos

O Brasil registrou 498 novas mortes pelo novo coronavírus e 33.862 novos casos da doença nesta quinta (22). Com isso, o total de mortos chegou a 155.900 e o de casos a 5.332.634, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa mesmo com aprovação da Anvisa

O presidente Jair Bolsonaro disse na noite de quarta-feira (21) que a Coronovac, vacina do laboratório chinês Sinovac e desenvolvida no Brasil pelo Instituto Butantan, não será adquirida pelo governo federal, independente de autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Rixa entre Bolsonaro e Doria pode atrasar vacina

Na manhã de quarta-feira (21/10), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou sua conta oficial no Facebook para fazer um giro de 180 graus na estratégia brasileira de enfrentamento ao novo coronavírus. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Doria critica Bolsonaro: ‘É um notório negacionista”

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “notório negacionista” ao comentar a condução da pandemia do coronavírus pelo governo federal. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro chama Doria de 'aprendiz de ditador'

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retomou o assunto das vacinas contra o coronavírus em sua transmissão semanal nas redes sociais nesta quinta-feira (22), dizendo que ela não será obrigatória e entrando em confronto com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a quem se referiu como "aprendiz de ditadores", entre outras ofensas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

26% dos adultos em SP tiveram Covid, diz testagem

Ao menos 26,2% dos adultos na cidade de São Paulo já teve Covid-19 e carrega no sangue anticorpos contra o novo coronavírus, mostra a quarta fase do estudo conduzido pelo Grupo Fleury na cidade para mapear a parcela da população que já teve a doença. É um aumento de 8,3 pontos percentuais em relação à etapa anterior (17,9%). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Ibama paralisa brigadas de combate a incêndios

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) pediu aos agentes de combate a incêndios que interrompessem a atuação a partir desta quinta-feira (22) em todo o Brasil. A informação é da Globonews. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Datafolha: Russomanno cai e Covas lidera em SP

O Datafolha divulgou nova pesquisa de intenção de voto para a prefeitura de São Paulo nesta quinta (22), com Bruno Covas (PSDB) assumindo a liderança, com 23%, enquanto Celso Russomanno desceu para a segunda posição, com 20%. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

‘Não dizimou ninguém’, diz Russomanno sobre Covid-19

Celso Russomanno (Republicanos), candidato à Prefeitura de São Paulo, afirmou que a pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 155 mil pessoas no país. “não dizimou ninguém”. Só na cidade que pretende gerir a partir de 2021, a Covid-19 fez mais de 13.300 vítimas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA