Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta

·5 minuto de leitura
Instalação da CPI da Pandemia no Senado (Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Instalação da CPI da Pandemia no Senado (Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Covid-19: Brasil registra 3.086 mortes em 24 horas, Bolsonaro recusou 11 vezes ofertas para compras de vacina, Omar Aziz é eleito presidente da CPI da Covid e Randolfe como vice, Renan promete investigação “despolitizada”, CPI da Covid: Calheiros pede convocação de ex-ministros da Saúde, Covid-19: São Paulo volta a registrar mais de mil mortes em um dia, Ministro Ramos foi orientado a tomar vacina escondido, Anvisa diz que pedido da ButanVac está incompleto, Anvisa nega pedido para importação da Sputnik V, Rússia: Brasil teve decisão 'política' sobre vacina, Butantan encontra três novas variantes do coronavírus em São Paulo e Bruno Covas tem alta depois de 2 semanas internado.

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira, dia 28 de abril de 2021:

Covid-19: Brasil registra 3.086 mortes em 24 horas

O Brasil registrou 3.086 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com dados do Ministério da Saúde divulgados no domingo, com o país chegando a marca de 395.022 óbitos decorrentes do coronavírus. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro recusou 11 vezes ofertas para compras de vacina

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recusou 11 ofertas formais de fornecimento de vacinas contra a Covid-19. Todas as propostas foram ignoradas pelo Ministério da Saúde. Segundo o G1, o número leva em conta apenas os episódios em que há comprovação documental. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Omar Aziz é eleito presidente da CPI da Covid e Randolfe como vice

O Senado instalou nesta terça-feira (27) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid para investigar as ações e omissões do governo federal na condução da pandemia do coronavírus e o repasse de recursos federais na área da saúde a estados e municípios. Nesta primeira reunião, os membros da comissão elegeram os senadores Omar Aziz (PSD-AM) como presidente e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para a vice-presidência. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Relator de CPI da Covid, Renan promete investigação “despolitizada”

Relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL) prometeu nesta terça-feira uma investigação “despolitizada”. O senador pediu que os integrantes da comissão deixem de lado as “divergências” partidárias para que o trabalho seja o mais “imparcial” possível. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

CPI da Covid: Calheiros pede convocação de ex-ministros da Saúde

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), já apresentou nesta terça-feira (27) sugestões para primeiros passos das investigações, incluindo convocação dos quatro últimos ministros da Saúde e pedidos de processos de compra de vacinas. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19: São Paulo volta a registrar mais de mil mortes em um dia

O estado de São Paulo voltou a ter mais de mil mortes pela Covid-19 em 24 horas nesta terça-feira. De acordo com dados do governo, foram 1.044 óbitos em um dia, além de 17.992 novos casos. Os dados de terça-feira costumam ser inflados por números do fim de semana, quando, habitualmente, são registradas menos morte. Até por isso, a última vez que o estado havia chegado em mil mortes em um dia foi há uma semana, no dia 20 de abril, quando teve 1.122 óbitos. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Ministro Ramos foi orientado a tomar vacina escondido

O ministro da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos, disse nesta terça-feira (27) que tomou escondido a vacina contra a Covid-19 e que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está com a vida em risco. Para não perder o mandatário para o coronavírus, o auxiliar afirmou que está tentando convencê-lo a tomar a vacina. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Anvisa diz que pedido da ButanVac está incompleto

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disse nesta terça-feira que enviou ofício ao Instituto Butantan com uma solicitação de informações e documentos que ainda não foram apresentados no pedido de autorização para realização de estudo clínico em humanos com a candidata à vacina contra Covid-19, a ButanVac. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Anvisa nega pedido para importação da Sputnik V

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou nesta segunda-feira (26) um pedido de vários estados brasileiros para importar a vacina russa Sputnik V contra o coronavírus, ao considerar que o imunizante carece de dados técnicos para verificar sua segurança e eficácia. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Rússia: Brasil teve decisão 'política' sobre vacina

Os fabricantes da vacina russa contra a covid-19 Sputnik V criticaram nesta terça-feira a decisão do governo brasileiro, que consideram "política", de não autorizar a importação do fármaco. "Os atrasos da Anvisa na aprovação da Sputnik V são, infelizmente, de natureza política e não têm nada a ver com acesso à informação ou ciência", afirma a conta no Twitter da vacina russa. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Butantan encontra três novas variantes do coronavírus em São Paulo

O Instituto Butantan detectou três novas variantes do coronavírus em São Paulo. A primeira já havia sido divulgada, a B.1.351, a variante sul-africana, que foi encontrada na Baixada Santista e, anteriormente, em Sorocaba. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bruno Covas tem alta depois de 2 semanas internado

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), teve alta hospitalar nesta terça-feira (27) depois de duas semanas internado no Hospital Sírio-Libanês. "Partiu casa! Mais uma vitória entre muitas batalhas. Agradeço a todos pelas rezas, orações e pensamentos positivos. O tratamento continua. O carinho e força que recebi durante todos esses dias são essenciais para continuar lutando e acreditando", escreveu em seu perfil no Instagram. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos